Take a fresh look at your lifestyle.

Nadar contra a maré

A poesia de Sirlene Aliane

0 59

Conheço pessoas que
preferem o comodismo
cotidiano, o marasmo
existencial, a vida transformada
em uma imagem congelada
na bússola do tempo;
existem também os náufragos
que em alguns momentos
nadam contra a maré,
atravessam os mares revoltos,
lutam contra as adversidades,
lutam contra as palavras
que desencorajam,
hoje mesmo sonhei acordada,
realizei sonhos,
vivi a realidade nua e crua,
desanimei por uns instantes,
mas como um sol
esperança nasceu atrás
das nuvens e meus
sonhos renasceram,
encorajei pessoas que
estavam desanimadas,
terminei o dia com a
sensação de que no
mesmo dia nasce o
sol, aparecem as nuvens,
chove a esperança.

 

Abraço aos leitores!

NOTA DA REDAÇÃO –  Sirlene Aliane é Graduada e pós-graduada em Filosofia pela UFSJ e Mestre em Educação pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora. Autora do livro “Limites e Valores em crianças de 7 a 10 anos” e do livro de poesias “Inspirações”. Professora de Filosofia e Sociologia no Centro Educacional Wanderley Arruda em Dores de Campos e Secretária Municipal de Educação de Dores de Campos.       Contato: sirlenealiane@yahoo.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.