Take a fresh look at your lifestyle.

Meus super heróis

A crônica de Francisco Santana

0 151

Deixei de me interessar pelos heróis das revistas em quadrinho, cinema e televisão. Por quê? Neles eu via uma realidade ilusória, onde eles faziam coisas fora do normal que ser humano nenhum conseguiria fazer. Os praticantes da benevolência são inúmeros entre artistas, políticos, empresários, jogadores de futebol, entidades, clube de serviços e uma infinidade de outras profissões. Meu mundo era surreal. Essa constatação me despertou de um longo sono onde constatei seres humanos que mesmo tendo problemas, praticam o altruísmo, solidariedade, cidadania e filantropia. Seus âmagos receberam a faísca da luz divina. Agem naturalmente com humildade valorizando a frase: “Quando deres uma esmola ou ajuda, não deixes tua mão esquerda saber o que faz a direita”.  Permita-me destacar dois positivamente que interligam o homem a Deus.  A primeira é a senhora Josefina e o segundo é o Dr. João. Ambos, Espíritos de Luz que exercem o “Eu Divino” pelo brilho e por estarem além da normalidade humana. 

Dona Josefina já passou há tempos dos 70 anos, viúva e vive com a renda de duas pensões do INSS, uma do marido e outra do filho. Com esse dinheiro ela cria um neto sem comprovação de DNA. É como ela diz: “Não importa se é filho do meu filho. Ele é um ser humano que necessita de alguém que o ajude a viver com dignidade e respeito. Comigo ele terá amor e será um cidadão honrado”. Há meses ela ficou sabendo que uma jovem mulher foi diagnosticada com câncer e não tinha condições financeiras para fazer os exames. Josefina foi à luta e com a colaboração de amigos ela conseguiu juntar dinheiro para pagar os exames laboratoriais e uma consulta com uma ginecologista. Como prêmio recebeu a notícia que a jovem mãe não era portadora da tal doença. Mesmo com todo o peso da idade e algumas doenças advindas dela, Josefina doa mensalmente cestas básicas, contando sempre com as colaborações de pessoas amigas que compreendem a sua luta. Caminhando com dificuldades ela está sempre portando uma sacola de ração canina para alimentar os cães que perambulam pelas ruas. Está sempre disposta a ajudar o semelhante carente com um sorriso nos lábios e agradecer a Deus pelas doações. É como ela diz: “É preferível pedir à roubar. É gratificante ver o brilho no rosto de quem ajuda e é ajudado. O meu coração bate de alegria”. 

O outro personagem se chama Dr. João, que também é uma ponte viva entre o ser humano e Deus, um sacerdote da medicina praticando a profissão com altruísmo e fraternidade. Tem tudo para ficar quieto em casa com sua família estruturada, mas está sempre disposto a ajudar incondicionalmente a quem o recorre. Ele leva a sério a lição aprendida no juramento médico no que tange a: “Exercerei a minha arte com consciência e dignidade. A saúde do meu doente será a minha primeira preocupação”. Aplausos pela exceção. A luz de sua benevolência vem do seu interior. Dos seus lábios já ouvi: “Santana, não fiz mais do que minha obrigação. Se eu posso ajudar, eu ajudo sem esperar nada em troca”. A outra pérola foi quando eu reclamei que tomo diariamente um medicamento muito caro.  Ele me disse: Santana, você tem condições de pagá-lo? 

– Sim!

– Ele está resolvendo o seu problema?

-Sim!

– Então, meu amigo, pare de reclamar e agradeça a Deus por poder pagá-lo e por restabelecer a sua saúde! 

Ambos agem assim por serem dotados de poder, sabedoria, amor e perfeição. A força divina pulsa em seus corações fortalecendo-os com vigor e inteligência. Deus os criou à sua imagem e semelhança. Com humildade eles mostram a todos que se aproximam o caminho da energia divina existente em seus íntimos e propagam para quem quiser segui-los nos atos de benevolência.  

Acredito que você também conheça muitos super heróis na sua vida. Que tal deixar a luz do seu interior brilhar com esperança e fé e se tornar o grande super herói de sua vida? Você é um ser humano especial. Pense nisso e boa sorte!

 

(Fonte: Livro Haja luz/site Energias Magnificadas/Programa: Pílulas do evangelho).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.