Take a fresh look at your lifestyle.

Tribunal Regional Eleitoral absolve Luís Álvaro, Ângela e Toninho Andrada

0 946

Fim da novela. Terminou nesta quarta-feira (08) o julgamento no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MG) do prefeito de Barbacena, Luís Álvaro Abrantes Campos e sua Vice, Ângela Maria Kilson, além do ex-prefeito Toninho Andrada. Eles eram acusados de abuso do poder político e de captação ilícita de votos. Segundo voto do relator, o Juiz João Batista Ribeiro, as provas audiovisuais foram insuficientes para punir com a cassação o prefeito e sua vice. A multa estabelecida para Luís Álvaro, Ângela e Toninho também não prosperaram em segunda instância. Dos seis votos no julgamento que terminou nesta quarta, apenas um foi pela manutenção da sentença proferida pelo juiz eleitoral Joaquim Martins Gamonal, então juiz-presidente da 23ª Zona Eleitoral, à época dos fatos.

Ainda em primeira instância foram unificados os quatro processos contra Luís Álvaro, Ângela e Toninho. Numa única sentença, Gamonal havia decidido pela cassação dos vencedores da eleição de 2016 e aplicação de multa ao ex-prefeito Toninho Andrada.

O julgamento começou na quarta-feira passada, dia 1º de agosto, mas o Desembargador Rogério Medeiros pediu vista do processo. Retomado o julgamento neste dia 8 de agosto, a maioria, 5 votos contra apenas um, decidiu pela absolvição dos três envolvidos. Após a publicação do acórdão deste julgamento, o Ministério Público ainda pode apresentar recurso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.