• 13ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Taxista é assaltado e fica preso por quase 10 horas no porta-malas

    Um taxista passou por maus momentos ao ser assaltado e preso no porta-malas do próprio carro por quase 10 horas. O taxista informou aos policias militares que por volta de 13h da sexta-feira (7) deslocou para a cidade de Barbacena com um suposto cliente que alegou que iria até a Caixa Econômica Federal para sacar a quantia de R$5.000,00 (cinco mil reais). Chegando lá, o indivíduo foi até a agência bancária e posteriormente, retornaram para Carandaí. O passageiro solicitou que fosse levado até a localidade do Dombe.

    Segundo relatos da vítima, já na localidade do Dombe, o indivíduo foi até um bar e voltou para o taxi com uma garrafa de cachaça. O mesmo passageiro solicitou então, que fosse levado até o estacionamento da empresa de Cimento Tupi, com objetivo de pegar uma chave e entregar o dinheiro que havia sacado para o dono de uma casa. Mas durante a corrida pediu que fosse feito o retorno para Pedra do Sino, pois a pessoa que iria receber o dinheiro se encontrava naquele distrito.

    Assalto

    Na rua Rogério Meireles, próximo a Copasa, o suposto cliente anunciou o assalto simulando estar armado. Ele roubou R$2.700,00 (dois mil e setecentos reais) em dinheiro do taxista e determinou que ele consumisse a cachaça.

    Na sequência do crime, o taxista foi obrigado a acessar uma estrada vicinal e entrar no porta-malas do veículo. A vítima percebeu que o veiculo começou a movimentar e parou. Após algum tempo, ela conseguiu sair do porta-malas, utilizando-se de uma chave de rodas, e deslocou até um restaurante onde pediu ajuda e a PM foi acionada, por volta das 22h.

    Foragido

    Foram realizadas diligências, sem sucesso, no sentido de localizar o autor. Ele possui as seguintes características: indivíduo branco, magro, aproximadamente com 1.80 m de altura, tatuagem no braço direito.

    Fonte: Carandaí Online e Fato Real.