• 13ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Sindicato suspende greve sanitária da educação

    Durante assembleia virtual realizada na tarde de terça-feira (17), o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) aprovou a suspensão da greve sanitária. A greve sanitária por tempo indeterminado teve início no último dia 2 de agosto. “Nós vamos denunciar todas as contaminações. O que acontecer com a vida dos profissionais, dos estudantes e das comunidades escolares por conta da contaminação nas escolas será de inteira responsabilidade do governo do Estado. Já temos situações de contaminações em várias regiões de Minas”, explicou a coordenadora-geral do Sind-UTE/MG, professora Denise Romano. O Sind-UTE/MG também aprovou o Estado de Greve e a construção de um canal de denúncia para mostrar a realidade enfrentada nas escolas.

    O Sindicato foi convocado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), no último dia 13 de agosto. Nesta terça-feira (17), a entidade participou de uma audiência de conciliação. Ficou acordado que o período de 2 a 18/8 não será caracterizado como falta comum, sendo considerada falta greve e a reposição deverá ser feita em até 90 dias, de forma presencial. O retorno presencial das atividades acontece a partir de 19 de agosto. O Sindicato cobrou a antecipação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 para os profissionais da educação, mas o governo não apresentou proposta.

     

    Fonte: Sind-UTE/MG