Take a fresh look at your lifestyle.

Silenciar-se

0 129

Por Débora Ireno Dias

Folia de Momo. Carnaval. Feriadão. Seja qual for o nome, acredito que muitos aproveitaram estes dias sambando, rezando, churrascando, retirando-se para a mata ou para o sofá de casa. O importante foi curtir estes dias com serenidade e tranqüilidade. Responsabilidade. 

Agora, passado o tempo de farrear, sambar, veio o tempo de se recolher. Hora de guardar suas fantasias, seus barulhos. Mas não é para guardar a alegria! Quaresma é tempo de refletir, silenciar-se, buscar escutar de forma mais profunda o que o Senhor quer de nós, tem para nós. Mas não é tempo de entristecer-se, embrutecer-se. A alegria é a verdadeira marca que Deus colocou no coração de cada um de nós. Aquela alegria que semeia, que faz florescer amor e respeito. 

Tempo de silêncio, de jejuns, orações e esmola. Silenciar-se para melhor escutar o Outro, escutar Deus e deixar o Espírito Santo agir em nós, entre nós. Jejuar, abster-se não só fisicamente daquilo que lhe é caro, mas também dos pensamentos, ações e sentimentos que lhe fazem mal e violentam quem está ao redor. Orar a cada dia, no interior de sua casa e na comunidade onde mora, buscar uma vida de oração e contato maior e melhor com o Divino, com Aquele que se faz presente em nossa vida a todo o momento. Ser caridoso na partilha dos bens materiais, mas também no sorriso, na palavra amiga, no olhar compassivo que se traduz em atitudes de acolhida ao Outro. 

Silenciar-se, mas não entristecer-se! Viver este tempo de Quaresma seguindo os ensinamentos de Jesus Cristo e levando Seu Amor e Sua alegria por onde passarmos. Ser Bom Samaritano como Ele nos ensina a cada dia!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.