Take a fresh look at your lifestyle.

Seminário de Inclusão reúne famílias e especialistas em Tiradentes

0 87

Aconteceu no último sábado (17) a primeira edição do Seminário de Inclusão, realizado pela Secretaria Municipal de Educação em Tiradentes, Minas Gerais. Com palestras da equipe do Centro AMA de Desenvolvimento, o evento recebeu 120 pessoas, entre elas professores, diretores e profissionais da área de saúde. Participaram também a rede municipal de ensino, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Tiradentes e convidados de outras escolas e cidades da região.

O objetivo do seminário foi fornecer informações e promover a reflexão sobre a inclusão das crianças na Educação. Por isso, temas como o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), o autismo, transtornos da linguagem e psicomotricidade foram abordados pelos especialistas palestrantes.

Troca de conhecimentos

Na ocasião, os participantes puderam interagir entre si, esclarecer dúvidas, conhecer mais sobre os temas e ter acesso a diversas sugestões de atividades práticas a serem realizadas com as crianças. Abordando o tema Transtornos do Neurodesenvolvimento e TDAH, a neuropsicóloga e articulista do Barbacena Online, Valeska Magierek, realizou a abertura do evento com uma apresentação interativa. 

A Oficina de Psicomotricidade, por sua vez, foi conduzida pela educadora física Natalia Oliveira e pela terapeuta ocupacional Michele Alencar, fornecendo informações sobre os marcos do desenvolvimento, a estimulação correta em cada faixa etária e sugestões de atividades práticas para estimular o desenvolvimento. 

Além disso, o público pôde participar de uma oficina de Transtornos da Linguagem com a fonoaudióloga Flávia Nascimento e com a psicopedagoga Andreza Moraes, que abordaram transtornos como a dislexia, a disgrafia, a discalculia e também estratégias de ação. Na oficina sobre autismo, Valeska Magierek faliu sobre formas de intervenção e condutas adequadas para reabilitação e manejo de crianças diagnosticadas no espectro.

De acordo com a Secretária de Educação de Tiradentes, Nanci Malta, é necessário trabalhar a formação dos profissionais para se fazer a inclusão, motivo pelo qual o seminário ocorrido na cidade histórica é tão relevante. “Esta manhã do Seminário foi muito gratificante e estou muito satisfeita com a qualidade das Oficinas e palestras realizadas”, pontua ela.

Já a coordenadora de Educação, Flávia Galli, destacou a importância de se integrar família, escola e especialistas em prol de um trabalho inclusivo mais efetivo. Valeska Magierek, por sua vez, que é também diretora clínica do Centro AMA de Desenvolvimento, observa que realizar a inclusão das crianças requer conhecimento e muita empatia por parte dos profissionais para atender à cada necessidade e saber estimular do modo correto.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.