• 17ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Sargento Barbacenense realiza trabalho voluntário de recuperação de aparelhos respiradores

    Ana Maria da Silva é o nome da barbacenense que foi voluntária na recuperação de aparelhos respiradores em Campo Grande (MS). A Segundo Sargento básico em eletrônica (BET) atualmente serve no destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Campo Grande (DTCEA-CG), organização militar subordinada ao Segundo Centro de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA II), órgão regional do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA).

    A militar, que antes já trabalhou por mais de seis anos com manutenção de equipamentos eletrônicos, participou em conjunto com a equipe de uma ação integrada dos departamentos regionais do SENAI de todo país – o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Mato Grosso do Sul (SENAI-MS) – de forma voluntária no projeto de manutenção de equipamentos fundamentais para o tratamento da covid-19: os respiradores hospitalares. Sua função foi realizar a triagem dos respiradores, testes funcionais, consertos simples e liberação para envio à calibração.

    No projeto, foram consertados 87 respiradores hospitalares que possuíam algum tipo de defeito, contribuindo para uma melhor estrutura no atendimento aos pacientes da doença em 18 municípios do estado do Mato Grosso do Sul. Dentre esses, em média quarto foram com manutenção de equipamentos médicos.

    Sabendo da importância do projeto, Ana não pensou duas vezes antes de se voluntariar.  Ela conta que participar dessa iniciativa é um modo de expressar sua gratidão a Deus, aos profissionais de saúde, aos amigos e familiares pelo apoio que recebeu nesse período e que para ela “foi uma experiência muito proveitosa trabalhar junto à equipe do SENAI, além da troca de conhecimento com profissionais de excelência, é gratificante saber que pude contribuir de alguma forma para que vidas fossem salvas durante esse período tão difícil de pandemia”.

    Com esse trabalho de fazer o bem sem olhar a quem, poucas pessoas sabiam do seu voluntariado – apenas pessoas próximas. Mas para sua surpresa, a militar recebeu uma carta de agradecimento dos Ministérios da Economia, um certificado de Honra ao Mérito e uma homenagem da equipe do SENAI-MS e teve a oportunidade de conhecer o primeiro paciente de Campo Grande que utilizou um dos respiradores que ajudou a consertar e que, depois de quase 30 dias entubado, agora está bem.

    O Comandante do DTCEA-CG, Capitão Especialista em Controle de Tráfego Aéreo Sérgio Kebach Martins parabenizou a Sargento pela iniciativa, dando o devido reconhecimento pelo seu gesto, e enfatiza: “é o talento de nossos militares que faz a diferença para o Brasil. Não só atuando na disponibilidade de nossos auxílios à navegação e sendo suporte ao controle do espaço aéreo, mas também mostrando e exercendo os valores da Força Aérea no exercício da cidadania para a sociedade local”.

     

    Fonte: Assessoria de Comunicação do DECEA

    Fotos: DTCEA Campo Grande