• 21ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Rede Pública de Ensino de Minas Gerais inicia aulas de forma remota

    Após 2 meses de aulas suspensas devido a pandemia do novo Coronavírus, a Rede Pública de Ensino de Minas Gerais deu início às aulas de forma remota. A Secretaria Estadual de Educação (SEE-MG) informou que foram disponibilizados diferentes meios para acompanhar as aulas, ou seja, pela internet, por aplicativo, por transmissão na TV pública do Estado e por materiais impressos que estão sendo disponibilizados somente para aqueles alunos que não tem acesso aos outros meios. 

    As ferramentas que estão sendo fornecidas aos estudantes foram pensadas considerando as diversas realidades vivenciadas no estado. Assim, foram desenvolvidos os Planos de Estudos Tutorados (PETs), que são apostilas com o conteúdo das disciplinas que será desenvolvido ao longo do período. O material trará o conteúdo teórico e as atividades para serem feitas ao longo das semanas e deverá ser baixado pelo site www.estudeemcasa.educacao.mg.gov.br. A distribuição aos alunos também pode ser pelos meios virtuais, via site, e-mail e Whatsapp. Para os alunos que não têm acesso à Internet, o material será distribuído impresso. Basta entrar em contato com a escola e ver uma possibilidade adequada de entrega.

    A segunda ferramenta que foi disponibilizada é o programa “Se Liga na Educação”, no qual serão exibidas várias aulas que irão priorizar os conteúdos que os alunos têm mais dificuldades e, além disso, será uma hora da programação ao vivo, permitindo que os estudantes possam interagir e tirar dúvidas. A transmissão será feita pela Rede Minas, de segunda a sexta-feira, nos dias úteis, pela manhã.

    E a terceira ferramenta é o aplicativo para dispositivo móvel “Conexão Escola”. Na plataforma, alunos e professores terão acesso aos PETs e ainda poderão encontrar as aulas já exibidas no programa “Se Liga na Educação”. O aplicativo está disponível na loja Google Play Store e, em breve, estará também na Apple Store. 

    Todos os materiais e o guia prático de como acessar os PETs, o programa “Se Liga na Educação” e o Conexão Escola estarão no site www.estudeemcasa.educacao.mg.gov.br e também nas redes sociais e no site da Secretaria de Estado de Educação www.educacao.mg.gov.br.

    Vale lembrar que as escolas continuam fechadas e não há atendimento ao público. Para mais informações é necessário entrar em contato com a escola por meios virtuais, como sites, e-mail, Whatsapp ou por telefone.

    Em conversa com a Rádio Sucesso, a Superintendente de Ensino de Barbacena, Patrícia Russo, falou sobre a importância da inclusão dos alunos com deficiência nesse projeto e explicou que a Rede Estadual de Ensino já disponibilizou ferramentas exclusivas para que esse público também seja atendido de forma remota. “Os diretores das escolas estaduais estão fazendo esse levantamento e a Secretaria de Estado de Educação está providenciando um material em braile. Além disso, todas as aulas transmitidas pela Rede Minas terão a participação de interpretes, fazendo a apresentação pela linguagem de sinais”, esclareceu.

    Quando aos critérios de avaliação, a Superintendente informou que a SEE-MG ainda está definindo como serão feitos, juntamente com o Conselho Estadual de Educação. 

    Patrícia Russo ainda comentou que esse foi um importante passo da Rede Estadual em colocar, neste momento de pandemia, seus alunos em atividade, assim é de extrema importância que os pais orientem os filhos, para que os alunos participem efetivamente desse ensino disponível. “A participação de todos nesse momento é muito importante. Gostaria de pedir, nesse momento, a colaboração dos pais de alunos da Rede Pública Estadual para que incentive seus filhos a assistir as aulas, participando de forma efetiva dos trabalhos que foram pensados pelo Estado e que se faz de extrema importância no momento em que estamos atravessando. Sabemos que a situação é complicada e nada substitui a presença dos professores dentro da sala de aula, mas não podemos deixar os nossos alunos desamparados.”, concluiu.