• 17ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Proprietários de academias buscam retomada das atividades

    Proprietários de academias e boxe de Barbacena iniciaram uma campanha nas redes sociais pedindo a volta das atividades, paralisadas desde março por conta da pandemia do novo coronavírus. 

    Juninho Paiva, proprietário da Ritmus Academia e um dos responsáveis pelo movimento, relatou que a proposta é que cada estabelecimento siga seu próprio modelo de retomada, respeitando as particularidades de público, local, seguindo as normas sanitárias. “Reiteramos que todas essas ações foram elaboradas com a participação de toda equipe, baseado em protocolos já adotados por academias em funcionamento, seguindo as recomendações da OMS e com base em estudos citados nos mesmos materiais, dessa forma a Ritmus academia assegura criteriosamente a seguir todas as ações aqui propostas e está à disposição para quaisquer alterações recomendadas pelos órgãos competentes do município”.  

    Entre as propostas estão a limitação de clientes por hora, agendamento de treinos pelo aplicativo, paralisações ao longo do dia para higienização em todas as áreas; orientação para higienização dos equipamentos utilizados antes e após o uso; assepsia dos solados dos calçados, com desinfetante disponibilizado na entrada; medição de temperatura de alunos e colaboradores;  redução de aparelhos como esteiras, bicicletas e elípticos; suspensão das aulas coletivas; entre outras.

    Barbacena está entre as cidades que aderiram ao programa Minas Consciente do Governo do Estado. Há 21 dias a macrorregião Centro Sul, onde a cidade é polo, está inserida na Onda Branca que contempla, além dos serviços essenciais, os comércios de produtos agrícolas, floriculturas, artigos esportivos, jogos eletrônicos, móveis, tecidos, iluminação e autoescolas, bem como os serviços de advocacia, contabilidade, consultoria empresarial e imobiliárias, que também retomam suas atividades.

    Segundo o Minas Consciente, alguns setores só poderão ser retomados quando houver o controle da pandemia, pois apresentam um risco extremamente alto para a população brasileira, com grande aglomeração de pessoas e alta possibilidade de contágio. Nesta relação estão os grandes eventos, museus, cinemas e atividades incentivadoras de grandes aglomerações, além de turismo em geral, clubes, shopping centers, academias, atividades de lazer e esportivas.