• 20ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Projeto da Polícia Civil busca facilitar denúncias de violência doméstica contra mulheres

    Em entrevista à Rádio Sucesso a Delegada Flávia Murta falou, nesta quarta-feira (25), sobre o projeto “Chame a Frida” que foi implementado em Barbacena. O projeto da Polícia Civil, idealizado por uma escrivã da cidade de Manhuaçu, é destinado a mulheres vítimas de violência e busca facilitar a comunicação destas com a PC. Segundo a Delegada, há um alto número de mulheres que não formalizam suas denúncias de violência por não quererem se expor, por até mesmo se sentirem envergonhadas. O “Chame a Frida” já funciona nas delegacias de Polícia Civil em Manhuaçu, Ipatinga, Coronel Fabriciano, Betim e Lagoa Santa. Agora, com a aprovação do PL (ainda precisa passar em segundo turno), os deputados e deputadas da ALMG esperam que este atendimento virtual seja implantado em todo o Estado, facilitando e desburocratizando as denúncias.

    Flávia explicou também como será o funcionamento do aplicativo na prática para combater a violência e incentivar as denúncias. “Estamos utilizando da tecnologia. O projeto é um número de Whatsapp em que a vítima faz contato com a Polícia Civil e, como nós já sabemos quais são as dúvidas recorrentes, a Frida já possui perguntas e respostas pré-programadas. É uma forma de manter um diálogo com uma atendente virtual. Você não conversa com ela por telefone, nem por áudio e sim por mensagem, onde ela pergunta e te sinaliza qual a resposta você vai dar e de acordo com a resposta da vítima ela vai fazendo outras perguntas. Dessa forma, ela consegue sanar as dúvidas”, explicou. 

    Em Barbacena, ainda há um grande número de subnotificações, uma vez que a violência doméstica infelizmente é cultural e por isso, muitas mulheres ainda não percebem que estão vivenciando. Por esse motivo, é importante debater, discutir e palestrar sobre o assunto para que as mulheres consigam fazer essa identificação pessoal. 

    A Delegada afirma que há alguns anos atrás, esse tipo de debate era invisível, mas agora, não mais. “Nós mulheres precisamos apoiar umas as outras, incentivando as denúncias. As mulheres não podem permitir nenhum tipo de violência na relação conjugal, na relação com namorados e na relação familiar. A Frida não é a solucionadora de todos os problemas, ela é mais uma ferramenta disponível para a mulher, para que ela se sinta à vontade para fazer as perguntas e tirar suas dúvidas”.

    Os atendimentos virtuais acontecerão em horário de expediente uma vez que ainda são necessárias ferramentas para que ela funcione: segunda à sexta-feira, no horário de 8h30 às 12h e de 14h às 18h através do WhatsApp (31)9 9387-4041. É importante lembrar que em Barbacena, a Polícia Civil possui uma delegacia especializada no atendimento à mulher. Para finalizar, Flávia Murta ressaltou que todos os projetos que estejam ligados a esses casos e que sejam progressivos e importantes para o combate à violência da mulher, serão implementados em Barbacena para que as mulheres possam se sentir seguras para que tenham uma vida em paz, sem violência.

     

    Comunique ao Portal Barbacena Online equívocos de redação, de informação ou técnicos encontrados nesta página clicando no botão abaixo:

    Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Aceitar Saiba Mais