Take a fresh look at your lifestyle.

Programa de vacinação domiciliar para idoso é vetado em Barbacena

Em Belo Horizonte o projeto já acontece desde 2017

1 107

A Câmara Municipal de Barbacena decidiu manter o veto do Prefeito Luis Álvaro ao Projeto de Lei 054/2017, que propunha a criação de um programa que oferecesse garantias às pessoas com mais de 60 anos, com dificuldade de locomoção ou impossibilitadas de sair de casa sozinhas, para que fossem vacinadas em suas residências. Segundo a vereadora Vânia Castro, autora da proposta, o PL atendia a reivindicação de diversas pessoas que a procuraram. “O programa facilitaria a vida de idosos que, por algum motivo justificado, estariam impossibilitados de se deslocar até um posto de saúde ou até mesmo a um local de vacinação, tratando-se de uma ação de saúde pública que visa a proteção das pessoas idosas, a terem o direito à vacinação e não ficarem à mercê de sua capacidade de locomoção para tanto”.

Programas parecidos já são executados ou discutidos em outras cidades. Em Belo Horizonte, a vacinação domiciliar já acontece desde 2017. Outras capitais brasileiras como Rio de Janeiro, Salvador, Manaus e Fortaleza também já sinalizaram que caminham para oferecer esse tipo de serviço à população idosa.

1 comentário
  1. Tiago Rodrigues Diz

    Excelente artigo, massa. Parabéns!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.