Take a fresh look at your lifestyle.

Preso o homem que matou a travesti Sabrina em Lafaiete

0 3.041

Está preso o homem que assassinou em Conselheiro Lafaiete a travesti Sabrina Sampaio.

A prisão ocorreu na tarde desta sexta-feira 14/02 tarde, na comunidade rural de São Gonçalo, em Lafaiete.

A prisão

De acordo com a delegada Elenita Pyramo, desde que tomou conhecimento do crime, ocorrido por volta da 5h da manhã do domingo 09/02 , na rua Melvin Jones, no centro de Lafaiete, um intenso trabalho de investigação foi feito pela equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Conselheiro Lafaiete, em busca do autor.

As primeiras investigações levaram à um suspeito que teria chegado à localidade de São Gonçalo, ainda na manhã do crime com arranhões nos braços e sujo de sangue. Várias diligências foram realizadas, confirmando as suspeitas e levando à prisão do homem ontem.Ele estava com alguns objetos que havia roubado de residências na localidade, para vender e custear sua fuga.

Delegada Elenita coordenou as investigações

As equipes da Polícia Civil prenderam o assassino no momento em que ele já havia pegado carona e transitava na estrada entre São Gonçalo e a área urbana de Conselheiro Lafaiete. Os investigadores da Polícia Civil também localizaram as roupas que o autor utilizou na ocasião do homicídio.

Diante das evidências foi decretada sua prisão preventiva, sendo possível coletar provas suficientes da prática de homicídio qualificado por motivo fútil. O autor é de Betim, mas mora em Conselheiro Lafaiete e tem 36 anos.

“A Polícia Civil sempre busca uma eficaz, qualificada e imparcial investigação visando à apuração de qual crime seja e independente de qual seja a vítima ou investigado”, disse a delegada Elenita Pyramo, que agradeceu e enalteceu o apoio da população no fornecimento de informações quando da ocorrência de crimes.

O crime

As investigações apuraram que o autor encontrou a vítima nas proximidades da rodoviária de Lafaiete e ambos seguiram normalmente até o local onde ocorreu o crime. De acordo com dados do boletim de ocorrência da Polícia Militar, em atendimento a um acionamento feito, policiais foram até o local onde depararam com a travesti bastante ensanguentada, sendo assistida por uma médica e enfermeiros da FOB, apresentando cortes superficiais nos braços, um corte profundo no lado direito do rosto, embaixo do queixo, e próximo ao pescoço; também um corte profundo no ombro direito, perto da clavícula, com hemorragia intensa.

A vítima chegou a dizer que o crime ocorreu em frente a uma obra próxima ao fórum da cidade, onde após desentendimentos durante um programa sexual com um homem houve um desentendimento e ela foi violentamente agredida.

Sabrina foi levada ao Hospital e Maternidade São José, onde não resistiu e faleceu.

Com informações do site Fato Real.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.