• 19ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Prefeito afirma que vai aumentar as fiscalizações e punições para quem desrespeitar as regras sanitárias

    Em entrevista realizada nessa segunda-feira (07) ao programa Contato Direto da Rádio Sucesso, o prefeito Carlos Du comentou sobre o programa Minas Consciente e pediu consciência da população. 

    Segundo o prefeito, o evento registrado na sexta-feira (04) não havia sido autorizado e  não tinha alvará para realização. No município, de acordo com decreto, eventos poderiam ser realizados com até 30 pessoas, mas era necessário uma autorização na Vigilância Sanitária e na Secretaria de Fazenda, para que as autoridades pudessem ter mais controle. Em casos como esse, a vigilância vai até o local averiguar se está adequado e quais as orientações para prosseguir e emitir o alvará caso esteja dentro das normas, mas não foi o ocorrido. 

    Apesar dos responsáveis terem dado entrada no processo de solicitação do evento, o pedido foi realizado na quarta-feira (02) e o evento já foi realizado na sexta-feira (04), sem autorização e com a capacidade de público muito acima do permitido. Foram lavrados dois autos de infração aos responsáveis e estes podem responder por crimes, como por exemplo, a propagação de pandemia. O caso foi encaminhado para a Promotoria pública.

    Carlos Du lembrou que a população também deve colaborar com as autoridades de saúde. “Infelizmente a situação foge do nosso controle. As pessoas pedem alvará para 30 pessoas e acabam realizando eventos com 500 pessoas, isso é um absurdo, a população está ‘brincando’ com uma pandemia. Ficamos assustados porque as pessoas estão morrendo ao nosso lado o tempo todo, e muitos ainda não estão se sensibilizando. Não é o momento para isso. É o momento pra gente se cuidar, porque tem meses que estamos vivendo com superlotação em hospitais, e a situação não melhorou ainda”, afirmou o prefeito. O prefeito também afirmou que as forças de segurança do município vão intensificar as fiscalizações. 

    Barbacena está na Onda Vermelha do programa Minas Consciente, mas com restrições mais severas como a proibição de qualquer tipo de evento.. Para que seja realizado um controle no município, Carlos Dú afirmou que serão criados alguns dispositivos a fim de punir de forma mais severa ainda aqueles que insistirem em realizar eventos clandestinos.