• 21ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Possível abordagem de crianças por homem alarma moradores em Lafaiete

    Relatos de que o ocupante de um carro preto não identificado estaria importunando crianças tiraram o sossego de moradores do bairro Carijós e adjacências, em Conselheiro Lafaiete.

    Entre os áudios que circulam nas redes sociais, uma dona-de-casa afirma que uma de suas crianças se deparou com o veículo misterioso passando pela esquina entre as ruas Tabajaras e Cataguases. A abordagem teria ocorrido pouco depois das três e meia da tarde: o motorista teria chamado o menino pelo nome e, em tom ameaçador, tentou obrigá-lo a entrar no carro sem explicar o motivo. O menino, porém, teria ignorado a ordem e saiu correndo. A autora do áudio, porém, não informou qualquer característica do veículo, a não ser a cor, e não descreveu o suposto importunador, mesmo admitindo que o filho lhe contou como eram o homem e o veículo. A dona-de-casa assegurou, ainda, que outra criança, filha de vizinhos, também teria sido abordada no mesmo local.

    Em outro áudio, uma moradora diz que a comunidade até pediu ajuda à polícia, obtendo como resposta que não se poderia fazer nada a respeito, já que ninguém informou o modelo nem a placa do carro suspeito; a única pista fornecida seria a descrição do motorista como um homem de barba grisalha.

    Na sequência de áudios que vêm sendo amplamente compartilhados nas redes sociais, um morador do bairro Gigante assegura que o mesmo carro preto já havia sido visto cerca de um mês atrás circulando pela rua Antônio Ávila de Carvalho. Desta vez, o ocupante teria abordado um menino com presumíveis 12 anos de idade. O homem, em atitude suspeita, teria encarado demoradamente a criança, que saiu correndo quando o carro se aproximou da bicicleta em que estava.

    Não há nenhuma informação sobre a placa do carro. Pais estão em busca de possíveis imagens de câmeras de segurança na região que possam ajudar a elucidar o fato.

    Nota da PM

    Questionada, a Polícia Militar se manifestou sobre o assunto. A resposta veio no começo desta tarde de quarta-feira (25) e segue abaixo na íntegra:

    Até o presente momento, a Polícia Militar não foi acionada por meio de nossa central de emergência 190, bem como não há nenhum registro formal do fato. O Comando da Unidade tem conhecimento da situação, e diante das divulgações das informações veiculas nas mídias sociais local, estamos buscando ampliar as informações com o objetivo de verificar sua veracidade.

    Oportunamente, caso se confirme o evento, manteremos os senhores informados.

    Fonte: Fato Real