Take a fresh look at your lifestyle.

Policlínica x Prefeitura: impasse sobre verbas continua

0 724
A Secretária durante entrevista ao jornalista Ricardo Salim, na Rádio Sucesso

Alegando um saldo negativo superior a R$500 mil, a Policlínica de Barbacena suspendeu alguns procedimentos como exames e cirurgias, além do atraso de pagamento de prestadores de serviços e de funcionários. Grande parte da verba que mantem a unidade hospitalar vem do SUS, sendo que o restante é financiado pelo município e pelo Estado. O repasse mensal da Prefeitura é de aproximadamente R$560 mil.

A direção do IMAIP conseguiu, através de emendas parlamentares, uma verba de R$521 mil, que chegou aos cofres do município entre outubro e dezembro de 2019. O diretor da entidade, Robson Campos Vidigal, alegou que os recursos foram enviados ao Fundo Municipal de Saúde e que não foram repassados para a Policlínica até o momento.

Durante entrevista ao Contato Direto da Rádio Sucesso, a secretária de Saúde Marcilene Dornelas contestou as alegações da Policlínica. Ela salientou que os três hospitais da cidade (Santa Casa, Ibiapaba e IMAIP) têm seus recursos antecipados, ou seja, recebem antes de prestarem o serviço para manutenção e custeio das atividades. A previsão é que os recursos vindos das emendas parlamentares sejam repassados, para as três instituições, no dia 25 de janeiro, desde que não tenham pendências em prestações de contas anteriores.

A secretária disse também que verbas parlamentares não podem ser usadas para pagamento de prestadores de serviço, como foi feito em 2017 pela instituição. O próprio Robson Campos Vidigal confirmou o equívoco no uso da verba, mas que o dinheiro foi devolvido algum tempo depois. Já a Secretária garante que não houve esta prestação de contas sobre a devolução e este seria um dos impasses que não permite à Policlínica receber as verbas.

O Vereador Carlos Du solicitou ao Presidente da Câmara Municipal, Amarílio Andrade, a realização de uma audiência pública para tratar da questão envolvendo a saúde em Barbacena. Esta reunião está marcada para a próxima segunda-feira (27), na Câmara Municipal de Barbacena.

Marcilene Dornelas disse ainda durante a entrevista que os Hospitais Santa Casa de Misericórdia e Ibiapaba também não receberam os repasses de verbas vindos de outras esferas governamentais. Segundo ela, apenas a APAE-Barbacena recebeu uma verba de pouco mais de R$ 85 mil.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.