• 23ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Pesquisadores da UFSJ detalham a Covid-19 na região. Confira a tendência em sua cidade!

    O Núcleo de Ensino, Pesquisa e Extensão em Economia (NEPE) da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) divulgou, na segunda-feira (03), um novo informativo da Covid-19 na região do Campo das Vertentes. O documento mostra a evolução do número de casos do novo Coronavírus, indicando a tendência de estabilidade, redução ou elevação do contágio. Foram analisadas as microrregiões de São João del-Rei, Barbacena e Lavras.

    De acordo com o documento, a média móvel de casos (últimos 7 dias) da microrregião de São João del-Rei, que envolve 18 cidades, apresentou municípios com tendência de elevação do contágio: Barroso, Conceição da Barra de Minas, Coronel Xavier Chaves, Dores de Campos, Nazareno, Piedade do Rio Grande, Prados e São Vicente de Minas. Já o município de Santa Cruz de Minas foi o único identificado com uma tendência de estabilidade. As cidades de Bom Sucesso, Lagoa Dourada, Madre de Deus de Minas, Resende Costa, Ritápolis, São João del-Rei e Tiradentes apresentam uma tendência de redução do contágio e apenas Ibituruna e São Tiago apresentaram estabilidade de zero contágio nos últimos 14 dias. 

    Já na microrregião de Barbacena, que engloba 15 cidades, também de acordo com a média móvel de casos (últimos 7 dias), apenas o município de Alfredo Vasconcelos foi identificado com tendência de elevação do contágio. Já para as cidades de Antônio Carlos, Barbacena, Carandaí, Cipotânea, Desterro do Melo e Santa Bárbara do Tugúrio foi apresentado uma tendência de redução. Os municípios de Alto Rio Doce, Capela Nova, Ibertioga, Paiva, Ressaquinha, Santa Rita de Ibitipoca, Santana do Garambéu e Senhora dos Remédios estão com tendência de estabilidade do contágio.

    Na microrregião de Lavras (envolve 10 cidades), seguindo a média móvel de casos (últimos 7 dias), Carrancas, Itumirim e Itutinga apresentam tendência de elevação do número de contágio. Já Lavras, Luminárias, Nepomuceno, Perdões e Ribeirão Vermelho foram identificados com redução dos casos e Ijaci e Ingai estão com tendência de estabilidade.

    A pesquisa teve como fonte os dados fornecidos pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e pela Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de São João del Rei.

     

    LEIA TAMBÉM:

    https://barbacenaonline.com.br/federal-de-sao-joao-del-rei-define-data-para-inicio-do-ensino-remoto/

    https://barbacenaonline.com.br/reitor-da-ufsj-defende-recomposicao-do-calendario-escolar/

    https://barbacenaonline.com.br/ufsj-tem-ensino-remoto-emergencial-aprovado-em-reuniao-do-conselho/

    https://barbacenaonline.com.br/ufsj-se-posiciona-a-respeito-das-atividades-emergenciais/