Take a fresh look at your lifestyle.

Peças de veículo furtado na capital recuperadas em Barbacena

0 1.912
Na madrugada de quarta-feira (26), a Polícia Militar realizou uma operação de rastreamento para averiguar informações de que um veículo furtado em Belo Horizonte estaria circulando em Barbacena. De acordo com os dados levantados, a placa do carro, um Fiat Siena verde, teria sido adulterada. Os agentes foram até o endereço de um dos envolvidos, no bairro Passarinhos e realizaram o cerco ao imóvel.
O suspeito, de 33 anos, confirmou que estava transitando pela cidade com o Siena junto do outro envolvido, de 32 anos, que também estava na casa no momento da abordagem. Ele relatou, ainda, que desconhecia a origem do automóvel quando o adquiriu, mas que, tendo descoberto posteriormente que se tratava de um automóvel furtado, foi aconselhado pelo outro autor a revendê-lo. Os dois levaram o veículo a um comércio no bairro Caiçaras e teria informado ao proprietário do estabelecimento sobre a sua origem, e mesmo assim conseguiu vendê-lo pelo valor de R$ 2.500. O valor seria pago posteriormente.
O estabelecimento indicado estava fechado e a PM foi até a casa do proprietário, de 45 anos. Cientificado da situação, o homem foi ao local e abriu o comércio para averiguação. Apesar de negar que o veículo estava no local, foram encontradas diversas peças verdes pertencentes a um veículo de marca Fiat durante a busca. Inicialmente, o proprietário negou que as peças seriam do veículo furtado, mas entrou em contradição diversas vezes e, por fim, acabou confirmando a suspeita.
De acordo com ele, os autores teriam deixado o automóvel no seu estabelecimento por volta das 13h e o buscariam mais tarde, tendo sido combinado o acerto do pagamento pelas peças no dia seguinte. Durante as buscas, foram encontrados um capô, uma tampa traseira, quatro portas, dois para-lamas dianteiros, dois para-choques (dianteiro e traseiro), quatro forros de portas, dois spoilers, um volante, uma lanterna traseira e uma mini frente. Todas as peças foram reconhecidas pelo autor.
Os autores foram presos por envolvimento em crime de receptação e todo o material recuperado foi apreendido e levado ao pátio credenciado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.