• 14ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Para que servem os filhos?

    A crônica de Francisco Santana

    Uma semente foi depositada num terreno fértil protegida do sol e dos predadores. O ambiente era propício para germinar, crescer, se desenvolver e mostrar a todos o milagre do nascimento. A minúscula semente criou raízes fortes e se transformou numa árvore frondosa, bonita, repleta de galhos, folhas, flores e frutos. 

     

    A semente é especial por possuir os dons de Deus e abrigar qualidades importantíssimas para o crescimento físico e espiritual.  No seu âmago contém amor, fé, salvação, sabedoria, justiça, paz, perdão, saúde e esperança. Não há predadores que a abata e nem sol que a destrua. Ela é imbatível e o seu crescimento é sustentado por bases sólidas, galhos poderosos, flores deslumbrantes e de frutos saborosos. 

     

    Mateus (7, 16 a 20) já dizia: “Vocês os conhecerão pelos frutos deles: por acaso se colhem uvas de espinheiros ou figos de urtigas? Assim, toda árvore boa produz bons frutos, e toda árvore má produz maus frutos. Uma árvore boa não pode dar frutos maus, e uma árvore má não pode dar bons frutos. Toda árvore que não der bons frutos será cortada e jogada no fogo. Pelos frutos deles é que vocês os conhecerão”. 

     

    Bela natureza que me inspirou a compará-la com o Ser Humano. Árvore frondosa é a mãe que estende seus braços (galhos) com alegria (flores) gerando os frutos (filhos). Os dons divinos são as qualidades de pais, mães e filhos que passarão para as sementes que gerarão outras árvores e outros seres. Quem são esses seres nessa comparação? São nossos netos que herdarão além dos dons já citados outros como, tolerância, ética, superação, caridade, segurança, perseverança, equidade, reconhecimento e liderança.  

     

    Netos são remédios eficazes que combatem a tristeza, ira, estresse, mau humor, impaciência e negativismo. Abraçá-los e beijá-los são precauções para que o mal não aconteça. Cuidado! Para alguns vovôs impacientes o uso imoderado da medicação o cega e modifica o seu comportamento ao achar que seus netos são os mais lindos e mais inteligentes do planeta; que quando adultos, serão pessoas justas e perfeitas. Se você tomar dois comprimidos ao dia você está sujeito a receber talentos e se transformar num cantor, jogador de futebol, artista circense, orador, ginasta, médico, advogado, engenheiro, bobo, palhaço e principalmente num AMIGO. Se você achar que deve, procure um médico.  

     

    Um detalhe importantíssimo: com as presenças dos netos, a audição do vovô melhora 100%. Isso é incrível, extraordinário e comprovado. Se o netinho disser: pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconiótico, o vovô grita e vibra: “vocês ouviram! Vocês ouviram! Ele falou vovô, ele falou vovô!”. A visão do vovô fica mais apurada, menos turva porque ao olhá-lo ele diz: “Vocês viram a unha dele? É igualzinha a minha! E o buraquinho dos dedinhos dos seus pés? São iguais aos meus”. O pum do neto tem o odor de perfume francês. Se o neto chora é porque quer o colo do vovô. Se o neto não quer comer? Entrega-o ao vovô que tudo se resolve. O netinho está chorando? O colo do vovô é terapêutico e vai deixá-lo quietinho. O vovô é o exemplo, o vovô é o tudo. Na visão dele, os pais, vovós, tias, tios, parentes e amigos sentem ciúmes quando o netinho está no seu colo. Vovô é o exemplo a ser seguido. 

     

    Tenho dois netos: Ana Luísa e Bernardo. Dois vencedores, dois grandes amores. Saibam que quando a última cortina cair diante dos meus olhos, não vertam lágrimas, lembrem-se de mim como um Velho que tentou ser Sábio e conviveu com vocês nos momentos mais sombrios de suas vidas e vibrou nos momentos de suas alegrias.Vou levar para a eternidade o Bernardo travestido de Menino Gato dos PJ Masks e da Ana Luísa, fã do Noah Schnapp, o Will do seriado “Stranger Things”. Aprendam que só darão conta do tamanho da bagagem de sabedoria que um idoso carrega, quando se tornarem um. 

     

    Então, eu lhes pergunto: Para que servem os filhos?

     

    Resposta.

     

    Para presentear os vovôs com netos. 

     

    Fonte: (Música Old and Wise de Alan Parson Project/Imagem Google).

     

    Francisco de Santana