Take a fresh look at your lifestyle.

Outubro Rosa: doação de cabelos pode ser feita no Hospital Ibiapaba

0 854

Durante o tratamento do câncer, uma das maiores preocupações das mulheres é com a queda de cabelo. Também conhecida como alopecia, a queda de cabelo é uma das reações indesejáveis que podem ocorrer com a quimioterapia. Esse efeito ocorre porque a quimioterapia afeta as células que realizam o crescimento do cabelo.

Algumas pessoas consideram essa a pior parte da quimioterapia, pois a perda de cabelo, principalmente para a mulher, acaba afetando sua própria identidade.
Uma das opções para evitar a perda da auto-estima é o uso de perucas, que podem ser feitas de fios naturais ou sintéticos. Segundo a psicóloga Elayne Muniz, o cabelo é essencial na identidade feminina. “O cabelo, para mulher, emoldura o rosto, faz parte da identidade feminina e de como ela se apresenta à sociedade. A alopecia é mais um processo de perda que a paciente enfrenta. Além do diagnóstico do câncer e de todo o tratamento envolvido, a mulher ainda passa por esse desgastante processo. A peruca auxilia no processo do tratamento e auxilia na manutenção da auto-estima da paciente. Para uma mulher que passa por todo o tratamento contra o câncer, a alopecia traz muitas dificuldades no trato social, já que, o câncer de mama, por exemplo, pode ser reparado esteticamente com próteses e as pessoas não notam a diferença. Mas a falta de cabelo é crucial para a saúde mental da paciente”, completou.


Como doar?

As doações podem ser feitas no setor de Oncologia do Hospital Ibiapaba CEBAMS. Qualquer pessoa pode doar. O tamanho ideal de mechas para confecção de perucas é a partir de 15 centímetros e não há proibição de sexo ou idade. Homens e crianças já doaram seus cabelos para a produção de perucas às pacientes com câncer em Barbacena e região.

O acesso ao setor de Oncologia é pela Portaria 3, que fica na Rua Silva Jardim, 580A (a rua da Prefeitura de Barbacena). Qualquer dúvida, basta ligar na Quimioterapia que todas as informações serão repassadas pela equipe. O telefone é 3339-3536.


O cabelo pode voltar ao normal?

Sim. Dias após o término da quimioterapia, o cabelo deve começar a crescer. Esse novo cabelo pode ter a mesma aparência da fase anterior ou ficar um pouco alterado (se comparado com o cabelo antes da queda).

Palestra – O Hospital Ibiapaba CEBAMS realiza na próxima quinta-feira (17) a palestra “O câncer de mama: abordagem na assistência primária”, ministrada pela mastologista Dra. Kathryn Müllen. O evento, que integra a campanha em prol do outubro rosa, é gratuito e começa às 16h no auditório do hospital.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.