Take a fresh look at your lifestyle.

Outro ponto de vista

A crônica de Debora Ireno Dias

0 132

A idade vai passando e com ela algumas mudanças no dia a dia. A mais visível para mim, nos últimos tempos, é exatamente a visão. Fazer compras no mercado e ler rótulos (sim, sou daquelas que lê os rótulos em busca de menos transgênicos na alimentação), ler o folheto na missa, escrever no computador e outras ações que exigem uma visão mais “próxima”, começou a ficar meio embaçado. Comecei a me ver aproximando e distanciando objetos a fim de identificar melhor as letras. Quem passou dos 40 entende bem o que estou falando! Engraçado que demorou um pouco para a ficha cair e eu realmente sentir a necessidade de procurar a Oftalmologista e me render aos óculos “para ver de perto”. 

Esta semana fui à ótica buscar meu novo acessório e…uau!!! Ao colocá-los e ler o folheto que a atendente me deu, percebi o quanto eu estava me enganando ao não usá-los. E aí me pus a pensar: quantas vezes eu me “ceguei” diante de tantos fatos – pessoais ou não – e me neguei a enxergar a realidade como ela é?!

E assim a vida vai nos ensinando. Há momentos em que as situações ficam tensas, que os sentimentos ficam confusos e a visão fica destorcida. A tomada de decisão tende a ser equivocada, pois não se consegue enxergar o todo, o essencial. Até chega-se perto da situação, mas, com os sentimentos indefinidos, as imagens, sentidos e sensações ficam embaraçados, embaralhados. A vida pode tomar um rumo que, no meio do caminho, descobre-se tumultuado, pedregoso, inviável. 

Acredito que, com a maturidade, começamos a enxergar o mundo em HD – como uma amiga me disse ao me ver de óculos, tudo fica mais claro – na palavra de outra. Acredito ser importante observamos os detalhes, não com rigidez, mas com a leveza, buscando todas a nuances que as situações nos apresentam. Enxergar por inteiro, com as cores, sensações e cheiros, letras e tons. A vida tem muito mais do que conseguimos enxergar, de bom e bonito e também de ruim…E as nossas escolhas e resultados destas escolhas dependem da forma como a enxergamos. Que os óculos da alma possam nos ajudar a ver a vida como ela é e a sonhar com dias mais bonitos, para todos! 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.