Take a fresh look at your lifestyle.

O poder da maçã

Sabrina Medeiros sob orientação do Prof. Delton Mendes

0 571

“Dados apresentados durante o Congresso de Biologia, que aconteceu em Washington, nos Estados Unidos, fez jus ao velho ditado anglo-saxônico que diz “an apple a Day keeps the doctor away”, que pode ser traduzido por “uma maçã por dia mantém o médico à distância.”

A maçã é um pseudofruto pomáceo da macieira, árvore da família Rosaceae. Ela é rica em cálcio, fosfato, potássio e vitamina C, além de conter fibras e um poderoso antioxidante chamado de quercetina (composto que protege o sistema nervoso, reduzindo a morte celular causada pela oxidação e inflamação dos neurônios). Por ser uma fruta relativamente comum, muitas vezes passa despercebida, porém, apesar de pequena, possui benefícios poderosíssimos para nosso corpo.

Uma equipe de investigadores da Universidade da Flórida, liderada pelo nutricionista americano Bahram Arjmandi, apresentou resultados obtidos de um estudo realizado com 160 mulheres em pós-menopausa, com idades entre os 45 e 65 anos de idade. Metade do grupo analisado comeu uma maçã por dia (75 gramas diárias durante um ano), enquanto outra metade ingeriu a mesma quantidade, mas de passas. Todas as mulheres foram submetidas a analises três, seis e doze meses depois do inicio do estudo. O estudo revelou “mudanças incríveis nos níveis de colesterol, seis meses depois de começarem a comer uma maçã por dia”, sublinha Bahram Arjmandi. As mulheres que ingeriram a maçã todos os dias diminuíram os níveis de colesterol “ruim” (LDL) em 23% e, por sua vez, aumentaram 4% os valores relativos ao colesterol bom (HDL), em comparação ao grupo que seguiu a dieta de passas de uva. Isso porque esse fruto antioxidante contém fibras solúveis que reduz grandes níveis de colesterol no sangue, além de conter polifenóis, que podem diminuir a pressão arterial.

Essas pequenas frutas podem prevenir até o câncer, como foi divulgado pela revista cientifica Public Health Nutrition. Um estudo de um grupo de cientistas na Itália avaliou 40 pesquisas já realizadas e comprovou que pessoas que consomem uma maça por dia tem menos riscos de desenvolver diversos tipos de cânceres, como o câncer de pulmão, intestino, boca, sistema digestório e até mesmo de mama.

Dados apresentados durante o Congresso de Biologia, que aconteceu em Washington, nos Estados Unidos, fez jus ao velho ditado anglo-saxônico que diz “an apple a Day keeps the doctor away”, que pode ser traduzido por “uma maçã por dia mantém o médico à distância”. E são inúmeros os seus benefícios já comprovados: alivia problemas de estômago (as fibras contidas na maçã formam um “gel” que atua diretamente na proteção da mucosa gástrica); retarda o envelhecimento e previne doenças oculares (por ser rica em taninos e flavonoides que são fito nutrientes que agem como antioxidantes, adstringentes e anti-inflamatórios que minimizam a formação de radicais livres que provocam o envelhecimento precoce); previne a osteoporose (pessoas que consomem frequentemente esse alimento perdem menos cálcio, mineral essencial para a manutenção óssea), entre muitos outros. Alguns benefícios ainda estão em processo de estudo, como por exemplo: maçã para a prevenção da obesidade e para amenizar riscos de Alzheimer e Parkinson.

Visto o quão benéfico pode ser o consumo diário desse pequeno alimento é importante ressaltar que, para melhor aproveitamento de todos os nutrientes, é necessário ser consumida in natura,com casca.

NOTA DA REDAÇÃO: Sabrina Medeiros, graduanda em Ciências Biológicas e membro do Centro de Estudos em Ecologia Urbana do IF Barbacena, sob orientação do Prof. Delton Mendes

Apoio divulgação científica: Samara Autopeças

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.