• 19ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Novo informativo da Covid-19 mostra evolução da média móvel nos municípios da região

    Dando continuidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido há mais de um mês, nesta quinta-feira (20), o Núcleo de Ensino Pesquisa e Extensão em Economia (NEPE), da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) divulgou, na quinta-feira (20), o Informativo número 05, referente ao acompanhamento da evolução do número de casos da COVID-19 nas microrregiões de São João del-Rei, Barbacena e Lavras.

    Nesta edição, a novidade é a evolução da Média Móvel de novos casos da doença em todos os municípios do Campo das Vertentes, nas 4 últimas semanas. No caso de São João del-Rei, foi apresentado uma tendência de Estabilidade do contágio, porém a classificação piorou em relação às semanas anteriores, quando o município apresentava tendência de Redução. Já para Lavras e Barbacena a tendência alterou para uma Aceleração do ritmo de contágio.

    De acordo com o Informativo 05, feito a partir da média móvel de casos (últimos 7 dias), a microrregião de São João del-Rei, na qual envolve 18 cidades, apresentou 5 municípios com tendência de Elevação do contágio, sendo eles Lagoa Dourado, Madre de Deus de Minas, Prados, Resende Costa e Tiradentes. Já os municípios de Ibituruna, Ritápolis, São João del-Rei e São Tiago foram os únicos identificados com uma tendência de Estabilidade. As cidades de Barroso, Bom Sucesso, Conceição da Barra de Minas, Coronel Xavier Chaves, Dores de Campos, Nazareno, Piedade do Rio Grande, Santa Cruz de Minas e São Vicente de Minas apresentam uma tendência de Redução do contágio.

    Já na microrregião de Barbacena, que envolve 15 cidades, também de acordo com a média móvel de casos (últimos 7 dias), 6 municípios foram identificados com tendência de Elevação do contágio, sendo eles Antônio Carlos, Barbacena, Carandaí, Desterro do Melo, Ressaquinha e Senhora dos Remédios. Para as cidades de Alfredo Vasconcelos e Cipotânea a tendência é de Redução e para os municípios de Alto Rio Doce, Capela Nova, Ibertioga, Paiva, Santa Bárbara do Tugúrio, Santa Rita de Ibitipoca e Santana do Garambeu a tendência é de Estabilidade.

    Na microrregião de Lavras, que envolve 10 cidades, seguindo a média móvel de casos (últimos 7 dias), Lavras, Luminárias e Perdões continuaram apresentando tendência de Elevação do número de contágio. Já Carrancas, Itutinga, Nepomuceno e Ribeirão Vermelho foram identificados com Redução dos casos e Ijaci, Ingai e Itumirim estão com tendência de Estabilidade.

    Para entender melhor, a Média Móvel é um indicador de como a pandemia se propaga. Ela consiste na média de novos casos dos últimos 7 dias. A comparação da média móvel atual com a de 14 dias atrás fornece a tendência de contágio em determinado município. Então:

    Maior que 15 % – Tendência de aceleração no ritmo de contágio

    Entre – 15% e 15% – Tendência de estabilização no ritmo de contágio

    Menor que -15 % – Tendência de redução no ritmo de contágio

    A pesquisa teve como fonte os dados fornecidos pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e pela Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de São João del Rei.

    LEIA TAMBÉM:

    Pesquisadores da UFSJ detalham a Covid-19 na região. Confira a tendência em sua cidade!

    Região tem sete municípios com contágio do coronavírus em tendência de elevação