Take a fresh look at your lifestyle.

Novas doses contra o H1N1 chegam aos postos de Barbacena. Idosos recebem vacina dentro dos carros

As 19 Unidades Básicas de Saúde de Barbacena receberam novas doses da vacina contra o H1N1, na tarde de segunda-feira (30). De acordo com Luciano Chartone, coordenador da Vigilância em Saúde, a distribuição vem sendo feita de forma escalonada pela Superintendência Regional de Saúde, de acordo com a distribuição do Estado.

Cerca de 9 mil pessoas do público alvo, de um total de 42.552, já receberam a vacina. O primeiro grupo prioritário contempla idosos e profissionais da saúde. Luciano esclareceu que a demanda tem sido muito acima do padrão, por isso as doses têm acabado rápido, mas que “todos os grupos prioritários serão imunizados”.

É importante ressaltar que a vacina imuniza apenas contra o H1N1, não sendo eficaz contra o coronavírus.  As Unidades Básicas de Saúde do município estão tomando as medidas necessárias para evitar aglomerações. Para pacientes com dificuldades de locomoção, uma das opções é a vacinação feita dentro do veículo. Idosos acamados devem fazer agendamento nas Unidades Básicas próximas de suas residências.

Além das crianças de seis meses a menores de seis anos, integram este grupo pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), professores de escolas públicas e privadas, população privada de liberdade, os funcionários do sistema prisional e forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas, adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas – 12 a 21 anos. E esse ano visando ampliar o acesso à vacinação dos grupos mais vulneráveis, as pessoas de 55 a 59 anos de idade também serão vacinadas. Pessoas portadoras de doenças crônicas não-transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais também devem se vacinar.

FILAS –  Na manhã desta terça-feira (31) a alta demanda pela vacina levou dezenas de idosos aos postos de saúde. Na Unidade Central de Vacinação, na Praça Conde de Prados, era grande a fila de veículos que aguardavam atendimento. Agentes da GCM e Polícia Militar auxiliaram na organização do trânsito e das pessoas, para evitar aglomeração.

NOTA DA REDAÇÃO – NOTÍCIA  ATUALIZADA ÀS 10H38 DE 31/03/20