Município decreta intervenção no IMAIP Policlínica

O município de Barbacena publicou, nesta segunda-feira (08), no Diário Oficial Eletrônico, a intervenção do Instituto Maternidade e Assistência à Infância e Policlínica Barbacena (IMAIP), pelo prazo de um ano.

Segundo a Secretária Municipal de Saúde, Sinara Rafaela Campos, mais de 3.000 pessoas estão na fila de espera dos procedimentos cirúrgicos do Hospital. A secretária relata que o contrato firmado com a policlinica indica que o IMAIP tem capacidade para realizar 150 cirurgias mensais, mas atualmente, a instituição está realizando apenas um terço da sua capacidade. Se a medida de intervenção não fosse adotada, a fila para a cirurgias pode demorar de 10 a 20 anos para ser zerada, contando que as pessoas não adoeçam mais, pontuou a secretária.

Segundo o Decreto, “vêm ocorrendo comprovadamente condutas irregulares, reiteradas, de ordem as­sistencial, resultando em prejuízo direto aos usuários do SUS, assim como questões atribuídas à ineficiência de gestão interna da instituição, demonstrando incapacida­de do prestador de serviços”. Ainda de acordo com o Decreto, o IMAIP vem “descumprindo as metas contratua­lizadas, o que resultou inscrição em dívida ativa, sendo pleiteado pela instituição o parcelamento dos débitos perante a Fazenda Municipal”. Nas considerações, o Governo Municipal indica também que há falhas nas prestações de contas, além da não comprovação de execução de serviços definidos em contratos. Em fevereiro de 2023, de acordo com a Administração Pública, as cirurgias de catarata realizadas em mutirão resultaram em “desdobramentos desfavoráveis no pós-operatório, fato este que gerou(…) requerimento de suspen­são dos procedimentos cirúrgicos oftalmológicos contratualizados pelo IMAIP”.

Quanto às cirurgias eletivas, “o IMAIP vem cancelando totalmente a agenda de procedimentos cirúrgicos eletivos, sem prévia comunicação, por inadimplência com fornecedores e, ainda, por dificuldades e problemas de infraestrutura e de corpo clínico do hospital”. Há indicações também que o mamógrafo não foi utilizado e o serviço de raio x está sendo objeto de inúmeras reclamações, pela demora e pelos laudos emitidos. Consta ainda, como denúncia, o fato do IMAIP ter realizado cobranças indevidas a pacientes do SUS, fato que está sendo apurado pelo Ministério Público.

Com a intervenção, os principais objetivos são garantir o atendimento da população de Barbacena e região, além de garantir que os funcionários recebam os salários em dia. Recentemente a Direção do IMAIP confirmou ao Barbacena Online que o pagamento do 13º salário estava atrasado.

O Prefeito Carlos Du realizou uma coletiva de imprensa para anunciar o Decreto de Intervenção no IMAIP-Policlínica. Participaram também da coletiva o Secretário Estadual de Saúde, Fábio Bacheretti, a Secretária Municipal de saúde, Sinara Campos.

O Barbacena Online fez contato com o Administrador Otávio Ramos Vieira e com a Assessoria de Comunicação do Hospital IMAIP-Policlínica para que pudessem apresentar seus argumentos. Até o fechamento desta matéria nossa redação não recebeu qualquer manifestação.

⚠️ A reprodução de conteúdo produzido pelo Portal Barbacena Online é vedada a outros veículos de comunicação sem a expressa autorização. 

Comunique ao Portal Barbacena Online equívocos de redação, de informação ou técnicos encontrados nesta página clicando no botão abaixo:

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Aceitar Saiba Mais