Take a fresh look at your lifestyle.

Moradores são impedidos de continuar obras pluviais no bairro Floresta

0 1.192

Moradores do bairro Floresta, em Barbacena, enfrentam dificuldades para continuidade de obras já iniciadas nas ruas Flor-de-Lis e Aurélio Jacinto, onde é necessária a construção de uma rede fluvial que evite transtornos nas vias, especialmente com a chegada do período de chuvas. Antes do início das obras, que utilizam material fornecido pelos próprios moradores, foi solicitado à Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) o acompanhamento de um profissional técnico, já que é indispensável levar em conta o mapa de distribuição da água nas vias para a realização de procedimentos construtivos seguros e corretos. 

De acordo com os moradores, porém, a Copasa alegou não ter disponibilidade de pessoal para envio de um técnico que possa acompanhar o projeto. No primeiro dia de obra, a companhia teria chegado a enviar representantes ao local, mas em poucas horas, como informam os moradores, solicitou que os procedimentos fossem interrompidos por conta da falta de um técnico para a devida instrução aos profissionais da construção. Até o momento, as obras se encontram paralisadas.

Em nota, a Copasa confirma que, de fato, um de seus técnicos esteve no local no dia do início do projeto, bem como representantes da Prefeitura Municipal, e que o profissional disponibilizado indicou o local da rede de distribuição de água a fim de evitar incidentes. No entanto, a companhia alega não ter responsabilidade sobre as obras ou mesmo sobre sua paralisação. 

Além disso, afirma não contar com disponibilidade para atender à demanda da população. “Devido às demandas da cidade, [a Copasa] não tem condições de alocar um funcionário para acompanhar, em tempo integral, o andamento da mesma [obra].” Já segundo os moradores, a companhia está deixando de cumprir um acordo que teria sido acertado antes mesmo do início do projeto.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.