Take a fresh look at your lifestyle.

Mesmo com anúncio de novos recursos, Hospital Ibiapaba ainda vive crise financeira

0 852

Na última semana foi anunciada uma verba de mais de R$ 200 mil/mês destinada ao Hospital Ibiapaba CEBAMS. Esta verba na verdade é um aumento do teto financeiro anual da rede de Cardiologia de Média e Alta Complexidade do Município de Barbacena, autorizado pela Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES/MG). Ainda que seja avaliado como uma boa notícia, o aumento do teto, no entanto precisa ser autorizado pelo Ministério da Saúde, que será o responsável pelos repasses.

Enquanto isso, o Hospital que é referência em oncologia e cardiologia de alta complexidade para Barbacena e mais 50 cidades da região, vive momentos de incerteza pois os repasses previstos para serviços já prestados não tem sido pagos. Só no chamado extra-teto (que são serviços feitos além da cota contratada pela Secretaria de Estado de Saúde, devido ao aumento da demanda) a falta de pagamentos, que vai de fevereiro de 2017 a janeiro de 2019, está em torno de R$ 4,8 mi.

Sem os repasses feitos com regularidade, mas atendendo uma média mensal de 7.400 pacientes, o Hospital Ibiapaba vem acumulando dívidas com fornecedores, mesmo de alguns de itens básicos como alimentos, o que forçaria uma paralisação de novas internações. Na última quarta-feira, a direção chegou a reunir-se emergencialmente com o Corpo Clínico para apresentar a situação crítica e até anunciar a paralisação das internações. Porém, a Secretaria de Saúde de Barbacena propôs a liberação emergencial de recursos para ajudar a cobrir parte da dívida com os fornecedores que ultrapassa R$ 2.7 milhões. Enquanto aguardam estes recursos as internações seguem mantidas pelo hospital.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.