• 16ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Mais um passo para a santificação da barbacenense Isabel Cristina

    Depois que o Papa Francisco, nesta terça-feira (27), reconheceu o martírio da barbacenense Serva de Deus Isabel Cristina Campos, os católicos agora aguardam o decorrer do processo de Beatificação.

    Nascida em Barbacena, em 29 de julho de 1962, a mártir Isabel Cristina Mrad Campos foi assassinada em Juiz de Fora (MG), em 1º de setembro de 1982, durante uma tentativa de estupro. Ela era de uma família católica, tinha vida ativa na Igreja e havia se mudado para Juiz de Fora para se preparar para o vestibular de medicina.

    Segundo o padre Danival Milagres, ao receber o decreto do seu martírio como serva de Deus, Isabel Campos foi promulgada sem necessidade de comprovação do milagre. Agora é aguardada a cerimônia da beatificação, já que Isabel foi dispensada do mesmo. O último processo é o milagre para a canonização. Este tem que ter ocorrido após a beatificação. Comprovado este milagre o beato é canonizado e o novo Santo passa a ser cultuado universalmente.

    Uma missa em ação de graças pela Beatificação da Serva de Deus, Isabel Cristina, está programada para sábado (31), às 15h, no Santuário de Nossa Senhora da Piedade. A celebração será presidida pelo Arcebispo de Mariana, Dom Airton José dos Santos.

    LEIA TAMBÉM:

    Martírio de Isabel Cristina é reconhecido pelo Papa Francisco