• 10ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Governo repassa R$ 13,8 bilhões para combate ao coronavírus. Barbacena receberá mais de R$19 milhões

    Para reforçar o Sistema Único de Saúde (SUS) e garantir o cuidado à saúde de toda a população no enfrentamento à COVID-19, na última quinta-feira (02), o Governo Federal autorizou o repasse de mais R$ 13,8 bilhões para estados e municípios, sendo o maior valor já liberado em uma única fase. Esses recursos poderão ser usados para a melhoria da oferta dos serviços hospitalares e de Atenção Básica por meio da aquisição de insumos e produtos, custeio de intervenções médicas, contratação de profissionais de saúde, entre outras benfeitorias na rede pública de saúde, com foco na assistência ao cidadão. Ao todo, já foram cerca de R$ 25 bilhões destinados exclusivamente para a COVID-19.

    Para definir o valor que será repassado a cada município, o Ministério da Saúde considerou o tamanho da população e a média de recursos transferidos para atenção hospitalar e atenção básica no ano passado. Já para a distribuição de recursos aos estados, além do critério populacional, foi considerado também o número de leitos de UTI registrados nos planos de contingência preparados pelos estados para enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus e a taxa de incidência da COVID-19 por 100 mil habitantes. O conjunto de 5.570 municípios do país receberão o total de R$ 11,3 bilhões. Já para os estados o valor repassado é na ordem de R$ 2,5 bilhões.

    Para Minas Gerais, o repasse deverá ser em torno de R$ 1,8 bilhões. Nas regiões da Zona da Mata e Campo das Vertentes a transferência será de mais de R$ 130 milhões. De acordo com a lista publicada no Diário Oficial da União (DOU), Barbacena receberá R$ 19.387.971,00 para serem investidos no combate a COVID-19. Na região, Alto Rio Doce receberá R$ 1.109.897,00, Barroso R$2.062.940,00, Alfredo Vasconcelos R$ 340.663,00, Carandaí R$ 2.492.932,00, Cipotânea R$ 802.455,00, Ressaquinha R$ 400.159,00, Santa Bárbara do Tugúrio R$ 411.750,00, São João del-Rei R$ 8.994.587,00, Senhora dos Remédios R$ 716.249,00, Tiradentes R$ 473.129,00, Piedade do Rio Grande R$396.004,00, Desterro do Melo R$ 337.597,00 e Dores de Campos R$ 479.546,00.

    O Ministério da Saúde vem acompanhando a situação da transmissão da COVID-19 em todo o país e tem atuado em conjunto com as secretarias estaduais e municipais de saúde para apoiar as ações de enfrentamento à doença. “Esta é mais uma demonstração de que o Governo Federal mantém apoio irrestrito aos estados e municípios para garantia do cuidado adequado à saúde da população. O SUS funciona com a articulação das ações entre governo federal, estados e municípios”, afirma Elcio Franco, secretário-executivo do Ministério da Saúde.

    Em ocasiões anteriores, o Ministério da Saúde já havia distribuído diretamente a estados e municípios R$ 9,9 bilhões de recursos voltados exclusivamente para combate ao Coronavírus. Os recursos foram transferidos por critério per capita, para habilitação de leitos de UTI COVID-19 e de leitos em Hospitais de pequeno porte, para incremento ao teto hospitalar, para auxílio financeiro emergencial às santas casas e hospitais filantrópicos, para habilitação de Centros Comunitários de referência, entre outras ações.

    Além destas transferências, o Ministério da Saúde também comprou e distribuiu mais de 15 milhões unidades de medicamentos para auxiliar no tratamento do Coronavírus, 115,7 milhões de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), mais de 11,4 milhões de testes de diagnóstico para COVID-19 e 79,9 milhões de doses da vacina contra a gripe, que ajuda a diminuir casos de influenza e demais síndromes respiratórias no meio dos casos de Coronavírus. O Ministério da Saúde também adquiriu e entregou 6.410 equipamentos para todos os estados brasileiros. Estes equipamentos são usados no tratamento de pacientes que apresentem dificuldades respiratórias.