• 1ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Governo de Minas disponibiliza 40 mil vagas gratuitas para capacitar estudantes profissionalmente

    O Governo de Minas lançou o programa “Trilhas de Futuro”, que tem o intuito de capacitar através de formação técnica e gratuita a partir deste ano, cerca de 40 mil jovens e adolescentes para atuar no mercado de trabalho. O investimento será de R$534,7 milhões e está sendo realizado em parceria com as Secretarias de Estado de Educação (SEE), de Desenvolvimento Econômico (Sede) e de Desenvolvimento Social (Sedese). 

    No total, serão 78 cursos gratuitos e presenciais – respeitando as medidas sanitárias de prevenção ao vírus da covid-19 – com duração de um ano e meio, priorizados em 425 municípios do estado que apresentaram demanda pelas atividades.

    A expectativa é para que as aulas comecem já em outubro deste ano. Segundo Romeu Zema, Governador de Minas, o projeto poderá auxiliar o aquecimento da economia através da capacitação da mão de obra qualificada, além de contribuir para a inclusão social de adolescentes, principalmente os estudantes de escolas públicas. Afirmou também que os jovens terão benefícios para que possam realizar os cursos: “Isso representa um potencial gigantesco para os jovens, que terão acesso a esse curso e também a benefícios como transporte e alimentação, porque, muitas vezes, o jovem precisa ter essa ajuda. Eu fico imensamente satisfeito de termos concluído a elaboração desse projeto. É mais um passo muito grande que estamos dando para melhorar o setor produtivo e, ao mesmo tempo, fazermos uma ação social enorme, que é a inclusão social de 40 mil jovens”, disse o governador.

     

    Quem pode participar

     

    Todos os estudantes de escolas públicas, matriculados no 2º e 3º ano do ensino médio, além de alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Também poderão se inscrever adolescentes da rede particular de ensino, além de egressos do sistema educacional. Neste último caso, apenas se houver vagas remanescentes, após as inscrições regulares. Todos os contemplados receberão vale-alimentação e vale-transporte no valor de R$18 por aluno. 

    Julia Sant’Anna, secretária de Estado de Educação, afirma que o projeto é um incentivo à educação mineira para se adequar ao currículo do Novo Ensino Médio, que é focado na educação profissionalizante atrelado às disciplinas convencionais. Contou também que no início do próximo ano, a expectativa é de que possam anunciar a ampliação dessas vagas.

    Os cursos foram escolhidos com base em uma ampla pesquisa realizada junto ao setor produtivo, que teve a participação também da Sede e da Sedese, envolvendo 110 empresas de cinquenta polos industriais de Minas Gerais. As maiores ofertas são para as áreas de eletrotécnica, enfermagem, sistemas de energia renovável, mecânica, mecatrônica, vendas, edificações e automação industrial.

    O Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, expôs como aconteceu a pesquisa: “Ao todo, foram milhares de empresas ouvidas. De imediato, identificamos mais de 7.500 vagas em aberto com carência de pessoas qualificadas para preencher e mais de 230 ocupações com demanda imediata no mercado. Para se ter uma ideia, temos várias empresas que querem ampliar a parceria com o projeto ‘Trilhas de Futuro’, se comprometendo a absorver essa mão de obra durante o curso e imediatamente após a conclusão do curso”, contou.

    O cronograma completo do projeto pode ser conferido abaixo: 

     

    22/06 a 06/07 – Publicação do edital e período para inscrição das empresas interessadas em ofertas os cursos.

    21/07 – Publicação das instituições selecionadas e dos cursos credenciados.

    24/07 – Publicação do catálogo dos cursos.

    26/07 a 11/08 – Inscrição para os estudantes. 

    16/08 a 06/09 – Realização de matrículas.

    18/10 – Início das aulas.

    Fonte: Agência Minas