• 17ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Fumo pode causar doenças cardiovasculares

    Dia 31 é celebrado o Dia Mundial Sem Tabaco. A data alerta sobre a necessidade de parar de fumar e, para que não fuma, a importância de evitar o hábito.

    Só no ano passado, o Brasil registrou 478 mil infartos e internações devido a doenças cardíacas, sendo que milhares destes casos foram causados pelo hábito de fumar. Dados científicos mostram que o cigarro acelera a inflamação dos vasos, levando à aterosclerose. O sangue também fica mais grosso, causando eventos embólicos e à trombose. Também há um efeito deletério nos níveis de colesterol. Ao fumar, pode-se afetar as carótidas e também causar o estreitamento das artérias das pernas, prejudicando o sistema vascular.

    Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças cardiovasculares são as principais causas de morte em todo o mundo (17,7 milhões de pessoas todos os anos). O número global também se reflete na Região Ampliada de Saúde Centro-Sul, que engloba as microrregiões de Barbacena, Conselheiro Lafaiete e São João del-Rei, onde o Hospital Ibiapaba CEBAMS é referência do SUS para o tratamento dos casos de alta complexidade destas doenças.

    Fumantes passivos também podem desenvolver doenças cardíacas

    Fumar não prejudica apenas a saúde de quem fuma. Também prejudica a de quem não fuma! Dados do INCA indicam que os fumantes passivos, isto é, aqueles que respiram a fumaça do tabaco, têm risco aumentado de desenvolver doenças cardíacas em 25 a 30%.

    Como parar de fumar?

    Este não é um processo simples e envolve várias ações, dentre elas, o auxílio de um médico. Segundo o Ministério da Saúde, uma boa dica é começar escolhendo uma data para ser o seu primeiro dia sem cigarro. Esse dia não precisa ser um dia de sofrimento. Faça dele uma ocasião especial, e para aumentar suas chances de sucesso, não tenha cigarros por perto. Programe algo que goste de fazer para se distrair e relaxar. Outras dicas importantes são:

    – Se você sentir vontade de fumar, distraia-se, respire fundo e lembre que a vontade passa em 5 minutos;
    – Se ficar com dificuldade de concentração, simplifique sua agenda por alguns dias;
    – Dê uma caminhada curta, saia um pouco;
    – Beba água e líquidos;
    – Descanse.

     

    Nota da redação: Texto enviado pela Comunicação Social – Hospital Ibiapaba/CEBAMS