Take a fresh look at your lifestyle.

Força tarefa encerra atividades e acredita que eram dois lobos-guarás

0 3.573

Um dos símbolos da biodiversidade brasileira foi visto pelas ruas de Barbacena nos últimos dias e uma força-tarefa foi montada por conta da situação. Os pesquisadores e especialistas envolvidos na operação cruzaram as informações fornecidas pela população de modo a mapear o percurso feito pelo animal dentro da área urbana do município. Além disso, foram verificadas as mídias (fotos e vídeos) recebidas pela equipe, que analisou a veracidade de cada registro. Conclui-se que havia dois animais da mesma espécie na região e que eles se deslocaram para áreas florestais.

Após a verificação dos relatos e dos registros obtidos, constatou-se que o animal foi visto no bairro Ipanema na última segunda-feira (15), mesmo dia em que também foi avistado por moradores da região dos bairros Novo Horizonte e Santa Luzia. De acordo com relatório final e com base nessas informações, suspeita-se da existência de dois lobos-guarás, assinado por Delton Mendes, coordenador do Centro de Estudos em Ecologia Urbana do Instituto Federal Barbacena, o que explicaria a proximidade de horários em que o animal foi visto em diferentes locais. Por meio das imagens fornecidas, não é possível visualizar detalhes que ajudem a comparar morfologicamente os corpos dos animais avistados.

 

Segundo relatos dos moradores, o animal visto no bairro Ipanema se deslocou para uma região de campo ainda na noite de segunda-feira à noite. Acredita-se que ele tenha retornado à mata. Já o animal avistado na região do Santa Luzia, de acordo com as conclusões do relatório, é o mesmo que foi visto na região dos bairros Pontilhão e Santa Efigênia. É provável, ainda, que esse também tenha sido o animal visualizado no bairro São José na noite de sexta-feira (12).

 

O grupo da Força Tarefa acredita que o animal tenha partido para regiões campestres próximas ao acesso à BR-265 ou para a região do Cabeça Branca, Roselanche e redondezas. Especialistas afirmam que, caso isso tenha de fato ocorrido, o lobo-guará em questão poderá acessar fragmentos de floresta ao redor da cidade, o que irá garantir sua sobrevivência levando em conta as características endêmicas da sua espécie.

 

Vale lembrar que, em caso de avistamento de espécies silvestres, o que é ainda mais comum em tempos de queimada, a população deve acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros ligando para 193. Além disso, os moradores podem também contatar a Polícia Ambiental pelo telefone 33395050. A equipe de especialistas e pesquisadores envolvidos na operação de proteção e monitoramento dos animais avistados pede que a todos que verifiquem a veracidade das informações compartilhadas pelas redes sociais, já que muitos materiais que estão sendo enviados ao grupo de força tarefa são originários de outros localidades ou até mesmo gravados em anos anteriores.

 

A Força Tarefa realizada em Barbacena para coletar mais informações sobre o lobo guará avistado na região nos últimos dias teve participação do Centro de Estudos em Ecologia Urbana do Instituto Federal Barbacena, da Polícia Ambiental, do Corpo de Bombeiros e do Instituto Estadual de Florestas. Setores da Prefeitura de Barbacena, o IBAMA e a Via 040 também auxiliaram na operação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.