• 19ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Festival de Música Popular Livre divulga programação

    Começa nesta quinta-feira (22) a programação do Festival Nacional de Música Popular Livre de Barbacena, promovido pelo Instituto Curupira. O evento, que tem apoio da LAB Estadual, edital 16/2020, acontece até domingo (25).

    Em decorrência da pandemia da covid-19, o evento será realizado de forma totalmente online, através da plataforma do Youtube (bit.ly/instcurupira) e no canal do Instituto Curupira e também pelo instagram da ONG (@institutocurupira), com lives todos os dias a partir das 19h. 

    Ao todo, nas 6 edições anteriores, o Festival trouxe para a cidade mais de 500 artistas, além de estimular projetos e bandas da cidade e região. Os músicos de Barbacena selecionados para essa edição do Festival foram Lucas Campos, César Baldan, Doiská, Giovana Martins, Bruna Oliveira e Banda, Rodrigo Muniz e Tiago Branco. Participam ainda artistas de outras cidades como Felipe Bedetti (Abre Campo/MG), Barbara Barcellos (Belo Horizonte/MG), Mari Blue (Rio de Janeiro/RJ), Luísa Lacerda (Rio de Janeiro/RJ) e Antonia Medeiros (Rio de Janeiro/RJ).

    Prestigie:

    Dia 22 (quinta-feira)

    19h – Abertura do evento (apresentação Instituto Curupira). Bárbara Barcellos (Belo Horizonte/MG) apresenta: “Água”; “Ciranda de Maria”; “Apurinã” e “Serra do Espinhaço”. Felipe Bedetti (Abre Campo/MG) apresenta: “Retorno das águas”; “Luzeiro”; “Em sonho” e “Além do infinito”. 

     

    Dia 23 (sexta-feira)

    19h- Abertura do evento (apresentação Instituto Curupira). Mari Blue (Rio de Janeiro/RJ) apresenta: “A gente”, “As pessoas não querem o que elas pedem”; “Entre” e “Fora de série”. Antonia Medeiros (Rio de Janeiro/RJ) apresenta: A mulher e seus Afetos em “Mulher”; “Manias e Vias”; “Esse Rapaz” e “Pro Gui”

    Luísa Lacerda (Rio de Janeiro/RJ) apresenta: “Marraio Firidô sô rei” e “Rondó da emboscada”.

     

    Dia 24 (sábado)

    19h- Abertura do evento (apresentação Instituto Curupira). Lucas Campos apresenta: “1 de 40”; “Ampulheta”; “Esperança?” e “Função”. Cezar Baldan com participação de Matheus Mará apresentam: “Baião de Dona Iná” e “Cigana”

    Doiká apresenta: “Jornais”; “Seu bom Lugar”; “Sou” e “Do lado de cá” (inédita). Giovana Martins apresenta: “Ontem”.

     

    Dia 25 (domingo)

    19h-Abertura do evento (apresentação Instituto Curupira). Bruna Oliveira apresenta: “Caminho até o espelho”; “Estradas”; “Inatingível” e “Lá vem”. Rod Muniz apresenta: “Que chuva”; “Se ainda lembro” e “O dedo e aprosa”. Tiago BrancAutoral apresenta: “Vale da ilusão”; “Imunidade”; “Cansei de Aparência” e “Lua Nova” e para finalizar, terá a cerimônia de premiação e encerramento do evento.