• 18ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Família denuncia demora no resultado do exame de familiar que faleceu na Santa Casa

    A família da jovem Núbia Eduarda dos Santos, em meio ao luto da perda, teve que aguardar com ansiedade o resultado do exame que confirmaria ou descartaria a Covid-19. A jovem, de 20 anos, estava grávida de 4 meses.

    De acordo com o irmão de Núbia, o cantor Rodrigo Dias, ela foi internada no último dia 06 (terça-feira) na Santa Casa de Barbacena com um quadro de hepatite aguda. Na sexta-feira (09) a jovem acabou falecendo. A família conta que na declaração de óbito constava “suspeita de Covid”, fato que foi contestado por eles.

    Com vontade de dar à Núbia uma despedida digna, eles tiveram que aguardar o resultado do exame. Inicialmente a previsão era de que o documento fosse liberado na tarde de segunda-feira (12), o que não ocorreu. Sem a certeza, Núbia foi sepultada como vítima suspeita de Covid, sem que pudessem ser realizadas as cerimônias de despedida.

    Rodrigo disse que desde o falecimento, o corpo da irmã ficou no hospital.  A liberação do exame ocorreu na tarde desta terça-feira (13) e a suspeita dos familiares se confirmou: Núbia não tinha Covid.

    A redação do Portal Barbacena Online entrou em contato com a Santa Casa de Barbacena que, extraoficialmente, informou não ter autonomia sobre os resultados que são feitos pelo Estado. Com relação ao quadro de suspeita de Covid, o hospital segue o protocolo que preconiza o fluxo de caso suspeito quando o paciente entra em insuficiência respiratória se tiver clínica para tal demanda.

    Através de email enviado à redação, às 16h35 desta quarta-feira (14), as Direções Assistencial e Técnica da Santa Casa informaram que “a paciente N.E.S.D. foi admitida no dia 07/04/2021 às 15:40 horas, na Clínica Emergencial com 16 semanas de gestação, com quadro clínico (sinais, sintomas e marcadores químicos hepáticos) que exigiam fazer diagnóstico diferencial para a COVID-19; conforme relatório médico. No dia 08/04/2021 foi transferida da UTI Emergencial,  teve evolução para ventilação mecânica. Coletado material para RT PCR para COVID, e enviado para análise em Belo Horizonte através da FUNED, tendo intervalo de até 05 dias para retorno do resultado. No dia 09/04/2021 paciente evolui para óbito.

    Ressaltamos que, todo o atendimento prestado neste nosocômio,  segue os protocolos para casos suspeitos e confirmados da COVID-19; inclusive quanto ao preparo do corpo após a morte de acordo com o Protocolo da Agência de Vigilância Sanitária de 25 de fevereiro de 2021″.

    MATÉRIA ATUALIZADA ÀS 16H40 DE QUARTA-FEIRA (14/04/2021).