• 25ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Escândalos nos bastidores do futebol brasileiro

    Por Francisco de Santana

    O futebol brasileiro tem se sucumbido fora dos gramados pelas áreas policiais, fornecendo um vasto material para a mídia bem como deleite dos fofoqueiros e alvos para os paparazzi.  Escândalos semanais saciam e aguçam a curiosidade popular. O futebol vai ficando num plano inferior. Enquanto isso, a pobre bola sofre nos pés de craques e falsos craques levando chutes prá lá e prá cá. Como temos a Lei Maria da Penha, cujo objetivo principal é punir e coibir atos de violência doméstica contra a mulher, poderia se criar a Lei Maria Chuteira para proteger a bola dos chutes de jogadores de péssima qualidade técnica. Às vezes, ainda vemos um ato de carinho como um beijo antes de ser  chutada e ser colocada sob a camisa para homenagear com esse gesto, a gravidez da esposa do jogador. 

    Enquanto isso, a mídia, na busca da notícia para ser publicada em primeira mão, a explora com sensacionalismo, às vezes sem apurá-la. Os réus negam peremptoriamente as ações acusatórias – ainda está para nascer um réu que se declare culpado. Esses escândalos vendem jornais, revistas e dão audiências. Há diariamente uma sucessão de atos sensacionalistas para delírio do telespectador, ouvinte e leitor. A mídia se regozija, pois nunca se viu tantas notícias atraírem tanta gente.   

    Vamos a alguns cardápios que fomentaram a gula popular de notícias sensacionalistas.  Mesmo com a pandemia do coronavírus que já matou quase 500 mil pessoas, o Brasil vai sediar a Copa América de 2021. Oponentes do presidente Bolsonaro apelidaram o evento de “copa da morte”. O Brasil já realizou os campeonatos regionais de futebol e está realizando a copa Brasil e o brasileirão. Após os jogos, torcedores se aglomeram fora dos estádios, sem os mínimos cuidados para vibrarem com as vitórias dos seus times e na maioria das vezes esses encontros terminam em pancadarias e até óbitos. A decisão da realização do torneio foi para decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que extraordinariamente no dia 10.06, autorizou que a Copa América seja realizada no Brasil. Na semana do início da competição, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, deve publicar um parecer para desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que já foram vacinados ou contraíram a Covid-19 e se recuperaram, contrariando as recomendações de autoridades sanitárias do mundo todo. 

    Bomba! O presidente da Confederação Brasileira de Futebol – CBF, Rogério Caboclo, momentaneamente, perdeu o seu cargo presidencial. Motivo: o dirigente foi afastado por 30 dias, por uma determinação da Comissão de Ética do Futebol Brasileiro, após ele ser acusado por uma funcionária da entidade de assédio sexual e moral. Ele nega todas as acusações. Um farto material que comprova a materialidade do crime foi veiculado pela imprensa falada, escrita e televisada.  

    Bomba! A demissão do treinador Alberto Valentim, que treinava o Cuiabá, foi a primeira do Campeonato Brasileiro 2021. Demissão de treinador de futebol no Brasil é um ato comum, mas a motivação do Valentim foi inusitada e gerou dúvidas. Ele desmente com veemência o motivo publicado pela mídia, que ele teria se envolvido com a esposa do presidente do clube. Assim ele declarou: “Sobre os absurdos que vêm sendo veiculados (Fake News), relacionados à minha vida pessoal, todo o meu desprezo e reafirmo que essas inverdades já foram repassadas à minha equipe de advogados para tomarmos as medidas cabíveis. Lamento muito a falta de respeito com minha família e esposa,  que me acompanha e gosta de mim, e sabe da seriedade do meu trabalho”. A mulherada o tem como um homem muito bonito, educado, envolvente e carismático. As más línguas dizem que por conta de suas virtudes físicas têm esposas de outros presidentes de clubes brasileiros convencendo-os para contatá-lo. Alberto Valentim é natural da cidade de Oliveira, terra natal do pesquisador brasileiro Carlos Chagas, mundialmente reconhecido pela descoberta da doença de Chagas, inovador no combate à malária. Em Oliveira nasceu também a amiga querida Cleusa Machado Notini.

    Bomba! A Nike rompeu contrato com o jogador Neymar Júnior após ele ter sido acusado por uma funcionária da Nike de agressão sexual. Patrocínio milionário. A funcionária alegou que Neymar Júnior tentou forçá-la a fazer sexo oral. Hummmmm!

    Bomba! Hulk, jogador do Clube Atlético Mineiro, viu seu nome envolvido na mídia por se separar judicialmente de sua esposa e se unir à sobrinha dela. Pelo menos ele estava separado legalmente.  

    Pobre torcedor do futebol brasileiro!