Take a fresh look at your lifestyle.

Era uma vez… uma Casa de Xadrez…

E assim nasceu um campeão brasileiro de xadrez

1 1.562

Pode até parecer conto da carochinha com final feliz ou apenas mais uma rima. Mas a verdade é que são várias histórias de sucesso e todas com finais invariavelmente felizes. A Casa do Xadrez existe sim, e fica no Alto Barroca, em Belo Horizonte. De lá saiu o último Campeão Brasileiro, Roberto Molina, um Mestre Internacional que derrubou tudo e todos para levantar o principal título do xadrez no país tupiniquim.

“Eu sempre tive muito prazer em jogar o Brasileiro. A primeira vez foi em 2003, quando era uma disputa aberta. Minha melhor colocação até então tinha sido um quinto lugar, em duas oportunidades”, assinala o campeão. Falando sobre o torneio que lhe valeu o título Brasileiro, em Natal/RN, Molina afirma que “o emparceiramento foi duro demais. Passei pelo GM Evandro Barbosa e pelo MF Diogo Vasconcelos, que foi considerado a revelação do torneio. Joguei a final contra o Krikor”. E ele completa, “nem em meu sonho mais otimista deste ano, imaginava que conseguiria o principal título do país”.

Roberto Molina, atual Campeão Brasileiro de Xadrez

Mas a vida do mineiro Roberto Molina tem uma trajetória de títulos. Foi Campeão Brasileiro Universitário, quatro vezes campeão mineiro, ganhou vários abertos do Brasil, venceu o Brasileiro Sub-20 rápido, além do título de Mestre Internacional, conquistado em 2010. Aos 33 anos, Molina já projeta o futuro. “Quero fazer a terceira norma e passar de 2500 de rating para alcançar o título de Grande Mestre (GM), além de continuar dando minhas aulas na Casa do Xadrez e reativar meu canal no YouTube”, garante. Após o título, Molina recebeu muitos pedidos para reativar seu canal e colocar seu conhecimento à disposição dos enxadristas de todo o Brasil.

A história do Campeão Brasileiro se confunde com a História da Casa do Xadrez. Fundada em março de 2000 pelo Psicólogo e amante do esporte milenar, Júlio Lapertosa. Certamente um passeio pela rede mundial de computadores e você vai encontrar Lapertosa e suas mais de 300 vídeo-aulas disponíveis.

Júlio Lapertosa e um de seus alunos

Haruna Hama, tricampeã mineira

Lapertosa foi cuidadoso em montar a equipe de treinadores da Casa do Xadrez com Roberto Molina, Lucas Crespo (Campeão Mineiro em 2013) e Haruna Hama (tricampeã Mineira). Eles oferecem aulas presenciais e online e recebem os melhores jogadores de xadrez de Minas e também do país. Neste rol destacam-se Gustavo Lima Basílio (Vice-campeão brasileiro escolar 2018 e campeão mineiro de categoria); MF Arthur Chiari (Campeão brasileiro sub 14) e co-vencedor do Pan-Americano em 2007, com apenas 10 anos de idade; WCM Fernanda Rodrigues; CM-MG João Pedro Salim (bi-campeão Mineiro Escolar 2017/2018, vice-campeão dos jogos escolares MG, blitz, 2018, e Campeão Mineiro de categoria); Caique Rêda (Campeão sub 12 no Campeonato Mercosul de 2013) e Franciele Cury (várias vezes Campeã mineira e campeã brasileira de categoria).

Todos eles têm suas próprias histórias, mas sempre com final feliz. Mesmo porque todas estas histórias começam da mesma forma: Era uma vez… A Casa do Xadrez!!

A atenção é muito intensa durante uma partida de xadrez
1 comentário
  1. José Roberto Tonetti Diz

    Bom dia. Seria possível um endereço eletrônico ou normal para correspondência? Sou amante do xadrez mas, não posso me deslocar até aí. Gostaria muito de conseguir algum enxadrista para jogar por correspondência.
    Grato.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.