Take a fresh look at your lifestyle.

Equívoco em marcação de consultas causa transtorno a pacientes

1 439

Nesta segunda-feira (19), idosos vindos de diversas localidades, principalmente da Zona Rural, foram surpreendidos no Hospital Policlínica Maternidade (IMAIP), ao serem informados de que o médico que realiza avaliação de catarata não estava presente, em função de um equívoco na marcação das consultas.

Nesta terça-feira (20), o programa jornalístico da Rádio Sucesso, Contato Direto, divulgou reportagem sobre o ocorrido, devido ao grande número de reclamações que chegaram através do Whatsapp do Departamento de Jornalismo, relatando o caso. A redação não conseguiu contato com a direção do hospital para informações sobre o fato, porém, obteve contato na Secretaria Municipal de Saúde e informações da sub-secretária de Regulação e Planejamento Assistencial, Tatiane Kelly Puiatti, que esclareceu o equívoco ocorrido e se comprometeu em realizar as avaliações para catarata o mais rápido possível, para que a população não fique prejudicada.

A sub-secretária pediu desculpas a toda a população prejudicada e informou que haviam sido disponibilizadas 45 vagas para consultas oftalmológicas, porém, por um equívoco no entendimento, foram divulgadas as consultas para avaliação de catarata. Tatiane ressaltou que as consultas oftalmológicas foram realizadas na data e se comprometeu a realizar as avaliações dentro do menor prazo possível.

Segundo ela, todos os pacientes foram orientados a comparecer na Secretaria de Saúde para que fosse reavaliado o próximo dia para consultas, que dependerá da agenda da equipe que realiza os mutirões. Tatiane ainda informou que existe a possibilidade das avaliações serem realizadas em dezembro para que as cirurgias aconteçam em janeiro.

1 comentário
  1. Geraldo Diz

    Equívoco?! . . . Ou seja, os pacientes não entenderam nada?! . . . Ou não foram informados com clareza? . . . Quem, enfim, causou o equívoco?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.