• 23ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Epcar forma novos sargentos

    Aconteceu na Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar), terça-feira (14), a solenidade militar de conclusão do estágio de adaptação para praças (EAP) de 2021. No evento, presidido pelo Coronel Aviador Daniel Cavalcanti, Comandante da Escola, aconteceu o desfile em continência à bandeira nacional frente a poucos oficiais convidados, devido aos protocolos adotados em prevenção ao vírus da covid-19.

    Jéssica Portes Júnior, formada em técnica de enfermagem e primeira colocada do estágio, recebeu na solenidade sua homenagem pelo alto desempenho e, a partir de agora, atuará no Esquadrão de Saúde de Barbacena (ES-BQ). Segundo a mesma, a experiência que ela já adquiriu em hospitais ao longo de sua carreira, será excelente para agregar aos militares que já atuam lá, mas que certamente, ela também tem muito a aprender com eles. “O Esquadrão de Saúde e seus usuários podem esperar uma sargento muito dedicada, darei o meu melhor e sei que o início gera um pouco de insegurança, mas darei o melhor, podem ter certeza”, afirmou.

    Foi premiado também na cerimônia, o militar eleito como estagiário padrão durante o período de formação. Agora, os novos integrantes passam a incorporar o Quadro de Sargentos da Reserva de 2ª Classe convocados, que tem o objetivo de atender, em caráter temporário e pelo prazo máximo de oito anos, as necessidades da Força Aérea.

    A entrega dos certificados à turma Pastor – nome escolhido pelos integrantes – aconteceu na segunda-feira (13), também em uma cerimônia presidida pelo Coronel. Na oportunidade foram entregues também homenagens a autoridades e ao instrutor homenageado. 

    Sobre o estágio

    No Estágio de Adaptação para Praças (EAP), os integrantes são submetidos a um período de intensa adaptação à vida militar, aos valores de hierarquia e disciplina, com o objetivo de compreensão e valorização dos elementos basilares. No curso, foram ministradas instruções práticas de ordem unida, treinamento físico e armamento, por exemplo, além de aulas teóricas para conhecimento dos regulamentos do Comando da Aeronáutica (COMAER). Também foi lecionado disciplinas elementares contidas no currículo mínimo, além dos preceitos de liderança e responsabilidade, com vistas ao futuro desempenho das funções da Força Aérea Brasileira (FAB).