Take a fresh look at your lifestyle.

Enxergo pontos claros no escuro

A poesia de Sirlene Aliane

0 228

 

Enxergava somente
Na imensidão
De minha existência,
Da minha vida,
Mas aprendi a ver
Pontos claros
Na pintura da vida,
Uma infinidade de
Belos momentos
Ofuscados pelos
Instantes de tristeza,
Lágrimas e dor;
Enxergo pontos claros
No escuro apesar
Da maioria das
Pessoas insistirem
No pano de fundo
Escuro da existência,
O amanhecer e o anoitecer
São um espetáculo
De luz e cor.

Abraço aos leitores!

NOTA DA REDAÇÃO: Sirlene Aliane é Graduada e pós-graduada em Filosofia pela UFSJ e Mestre em Educação pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora. Autora do livro “Limites e Valores em crianças de 7 a 10 anos” e do livro de poesias “Inspirações”. Professora de Filosofia e Sociologia no Centro Educacional Wanderley Arruda em Dores de Campos e Secretária Municipal de Educação de Dores de Campos.  Contato: sirlenealiane@yahoo.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.