Take a fresh look at your lifestyle.

Em Curral Novo, mulher cai em golpe da cinta modeladora

4 1.650

Uma mulher de 58 anos foi vítima de um golpe em Curral Novo de Minas, distrito de Antônio Carlos. A vítima contou que no dia 14 de setembro três homens foram em sua residência e ofereceram uma cinta massageadora vibratória pelo valor de R$ 1.500,00 através de dez parcelas de R$ 150 e uma cinta extra pelo valor de R$ 100, dividido em 10 parcelas de R$ 10. A compra foi paga no cartão de crédito, totalizando dez parcelas de R$160. 

Ao consultar a internet, percebeu que a mesma cinta era vendida pelo valor de R$ 180. O vendedor deixou um contrato com a mulher, porém com dados falsos.

4 Comentários
  1. CDC Diz

    Não vejo crime ! Eles podem colocar o preço que quiserem no produto,cabe ao consumidor aceitar ou não ! Notícia errônea,mulher Aceitou porque quiz.

  2. José Silvestre Diz

    Não houve golpe,ovalor foi acordado e a mulher aceitou o valor,matéria mal feita.

  3. Ricardo Diz

    Qual a diferença desse caso com as pessoas que passam vendendo panelas a R$100 que custam R$20 ou colchas de R$100 que também custam R$20? Fora que já vi caso da pessoa acertar o valor x e na hora de passar o cartão eles digitaram 1 digito a mais e a senhora não percebeu na hora… Ou pedir para ir no banheiro e roubar algum item de lá… Sempre desconfiem desses vendedores de porta em porta…

  4. Roberto Dias Diz

    Não acho correto fazer isso com as pessoas, mais tem loja que a taxa de juros ultrapassa 3x o valor do produto! Acho que falta consciência nas pessoas.Mas não confundem trabalhadores com bandidos! Existe muitos vendedores ambulantes que são honestos! Barbacena um lugar horroroso que não tem mercado, muito menos emprego! Muitos pais de família, trabalhadores, honestos dependem de vendas ambulantes para susetentar suas famílias!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.