Take a fresh look at your lifestyle.

Curso debate como a desigualdade social interfere no desenvolvimento humano

0 109

“Como a desigualdade social afeta o desenvolvimento biológico e a saúde de seres humanos?” será o tema do Festival de Ciência e Curiosidade do Instituto Curupira, domingo (28), a partir das 16h. A vivência de divulgação científica está com inscrições ainda abertas pelo link: https://forms.gle/66YcXePjXyYggapc6 e o valor colaborativo de inscrição será apenas R$7.

O Festival de Ciência e Curiosidade tem sido um evento no qual o Instituto Curupira, que normalmente já oferece cursos de divulgação científica todos os meses, propôs-se a levantar, por meio de votação, temas que a população mais teria interesse em conhecer. Os três mais votados entraram para a grade de cursos do Festival, que já teve duas vivências em julho: “Estrelas – astronomia e astrobiologia” e “Animais peçonhentos e animais venenosos”, como um total de 54 pessoas participantes, dentre adultos, adolescentes e crianças. “Muitas pessoas, atualmente, inclusive governantes, têm defendido informações erradas, não científicas, sobre a relação entre a pobreza, a miséria, a desigualdade social em geral, e a qualidade de vida como organismos, como seres vivos, de pessoas afetadas por essa realidade. A fome, a falta de condições dignas de moradia e fatores culturais como a violência, o stress, a preocupação constante, por exemplo, podem interferir de diversas formas na formação biológica das pessoas, como tem mostrado a epigenética. Antes mesmo das crianças nascerem, por exemplo, se a família estiver exposta a problemas de existência e sobrevivência, estudos apontam que diversas questões de cunho genético podem ser ativadas, ou inativadas. Ou seja, lutar para a equidade de existência de todas as pessoas deve ser obrigação do Estado, e não motivo de chacota”, explicou Delton Mendes, responsável técnico pela atividade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.