Como podemos nos desconectar um pouco da Internet e viver a vida real?

Valeska Magierek

Os adultos também estão expostos ao excesso de telas, vivendo em mundos falsos e paralelos de redes sociais, o que tem gerado sofrimento mental para muitas pessoas.

 

Mas vamos pensar também sobre esta pergunta: Por que eu fico conectado o tempo todo? O que eu ganho ficando o tempo todo em redes sociais e/ou jogos e/ou em grupos de mensagens rápidas? O que eu deixo de ganhar na vida real estando o tempo todo no mundo virtual? O que me impede de ter autocontrole sobre o acesso à Internet e às suas armadilhas? Eu perco somente tempo ficando conectado o tempo todo? Por que me escondo ou evito a vida real?

 

A partir dessas perguntas precisamos entender que a Internet é zona de perigo para todos, principalmente para aqueles que se deixam influenciar facilmente pelo que veem e ouvem.

O mundo perfeito, o corpo perfeito, a companhia perfeita, o alto lucro e muitas outras falsas ilusões só existem lá.

 

Aí eu pergunto de novo: O que você quer de verdade para a sua vida? O que a Internet e as redes sociais realmente agregam na sua vida? Aonde você quer estar e fazendo o que daqui a 1, 5 ou 10 anos?

 

Antigamente, muitas pessoas sonhavam com os contos de fadas. A modernidade trouxe a Internet, as redes sociais, a falsa felicidade ao alcance de um clique e etc.

 

Se desconectar desse mundo paralelo não é fácil. Não é fácil porque ele dá a falsa sensação de perfeição, não nos confronta com nossa realidade.

 

Viver no mundo real dói, cansa, aborrece, dá trabalho. Mas é no mundo real que a nossa vida existe. Precisamos do mundo real para tudo.

 

O pontapé para quem deseja se desconectar com o mundo virtual e ter mais qualidade de vida, é sair dele ou diminuir o tempo. Avalie a necessidade e o benefício de se manter em todos os grupos em que está. Pare de ler fofocas e notícias da vida de pessoas que em nada têm a ver com você. Se tiver que seguir alguém, siga quem realmente faz algo de útil e saudável. Pare de acreditar em vidas perfeitas facilmente vendidas na Internet. Dedique seu precioso tempo em algo que agregue em sua vida daqui 1, 5 ou 10 anos. Reaprenda a ler livros. Estude a fim de construir um futuro melhor para você e sua família. Cuide mais da sua casa, dos seus bichos de estimação ou das suas plantas. Faça mais aquilo que lhe dá prazer na vida real (cozinhar, dançar, caminhar…).

 

E retome as rédeas da sua vida. Somente você pode escolher o que fica ou não na sua vida.

 

Valeska Magierek – Neuropsicóloga (@amadesenvolvimento)

⚠️ A reprodução de conteúdo produzido pelo Portal Barbacena Online é vedada a outros veículos de comunicação sem a expressa autorização. 

Comunique ao Portal Barbacena Online equívocos de redação, de informação ou técnicos encontrados nesta página clicando no botão abaixo: