• 24ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Cidade entra na rota da transmissão comunitária. Boletim de domingo apresenta aumento de casos suspeitos em Barbacena

    E o domingo (22) vai se encerrando com uma notícia preocupante. De sábado para domingo foram 16 novos casos suspeitos de coronavírus. Ao todo a cidade tem 70 casos considerados suspeitos e dois descartados.

    De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, na quinta-feira (19), o município de Barbacena foi considerado local com transmissão comunitária para COVID-19, bem como todo território nacional. “A estratégia para identificação da circulação viral no município será realizada através da vigilância da Síndrome Gripal (SG) em unidades sentinelas e da vigilância universal da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)”. Na noite de domingo (22) o município emitiu uma série de recomendações:

    Orientações para a vigilância dos casos

    Definições de casos suspeitos

    • Síndrome gripal (SG) – indivíduo com febre, mesmo que referida, acompanhada de tosse ou dor de garganta E com início de sintomas nos últimos 7 dias.
    • Síndrome respiratória aguda grave (SRAG) – indivíduo hospitalizado com febre, mesmo que referida, acompanhada de tosse ou dor de garganta e que apresente dispneia ou saturação de O2 menor que 95% ou desconforto respiratório ou que evoluiu para óbito por SRAG independentemente de internação.

    As definições acima são independentes da história de viagem, contato com casos suspeitos ou confirmados de COVID-19. Todos os casos de SRAG devem ser discutidos por telefone no plantão da VIEP 24h presencial na SESAP: (32) 98867-3320, (32) 98863-3141 e (32) 3339-2189.

    Notificação e coleta de exame (swab) para pesquisa de vírus respiratórios

    • Casos de Síndrome Gripal: Notificação imediata por telefone à VIEP nos telefones de plantão e sem coleta de exames para pesquisa de vírus respiratórios.
    • Casos de SRAG: Notificação imediata por telefone à VIEP nos telefones de plantão; Notificação em ficha própria de SRAG; Encaminhamento em até 24 horas da ficha de SRAG para a VIEP. Será realizada coleta de swab para pesquisa de vírus respiratórios, incluindo SARS-Cov 2, para os pacientes internados em qualquer unidade de internação de Barbacena. Não há, nesse momento, definição de prazo máximo para a coleta de exames.

     

    Profissionais de saúde: Para os profissionais de saúde que estão na linha de frente de atendimento dos casos e que apresentarem sintomas respiratórios, a coleta de swab para pesquisa de vírus respiratórios poderá ser realizada e priorizada. Estes profissionais precisam ser afastados até o resultado de exames OU até preencher os critérios de suspensão do isolamento domiciliar descritos abaixo. O profissional deve fazer contato telefônico com o plantão da VIEP que o direcionará para coleta no Centro de Controle de Endemias (CCE). Notificação em formulário on-line (http://bit.ly/notificaCOVID19) E ficha própria de SRAG. Laboratórios privados devem comunicar imediatamente à VIEP quaisquer resultados positivos para vírus respiratórios.

    Isolamento domiciliar de casos suspeitos

    Os pacientes suspeitos de síndrome gripal (sem necessidade de internação) deverão permanecer em isolamento domiciliar, com restrição de deslocamento nas áreas comuns do domicílio e utilizar máscara cirúrgica. O término do isolamento está indicado quando o paciente preencher os três critérios abaixo: ausência de febre por no mínimo 72 h sem uso de antitérmico; melhora dos outros sintomas (ex: tosse ou dispneia); passados 07 dias após o início dos sintomas.

    Os pacientes com quadro de síndrome gripal devem ser alertados para o surgimento de sinais de alerta ou de gravidade. Nessas situações, deverão procurar atendimento médico imediato.

    As orientações foram assinadas por  Maurício Becho Campos – Júnior (Chefe da Vigilância Epidemiológica), Luciano Otávio Baeta Chartone de Paula (Diretor de Vigilância e Ações em Saúde), Hebert José Fernandes (Infectologista) e Marcilene Dornelas de Araújo (Secretária Municipal de Saúde Pública)