Centro Cultural UFSJ recebe exposição com mais de 100 presépios

O Centro Cultural UFSJ será palco, este ano, de uma rara e inédita exposição de presépios. O nascimento de Jesus em perspectivas celebra, em terras mineiras, o 8º Centenário do Natal de Greccio, cidade italiana que, por iniciativa de Francisco de Assis, encenou, pela primeira vez, em 1223, o nascimento de Cristo.Nesses oito séculos, a cultura de rememorar o presépio se popularizou, tornando-se a representação cristã cativa de inúmeras pessoas em todo mundo. Seguindo essa tradição, materializada nas diversas edições do Concurso de Presépios, a UFSJ recebe, de 15 de dezembro a 13 de janeiro, peças do Brasil, da América Latina, África, Ásia e Europa.

Mais de uma centena de presépios vai estar em exibição na Galeria Principal, ao lado de imagens da Sagrada Família e do Menino Jesus, produzidas com as mais variadas técnicas e materiais: terracota, ébano, madeira, palha de milho, palito de fósforo, madrepérola, cristal, argila, cerâmica, dentre outros.

Segundo o curador Frei Wander de Oliveira Souza, a ideia é compartilhar os modos pelos quais a contemplação e o deslumbramento motivados pelo nascimento de Jesus foram assumidos, interpretados e propostos em múltiplos formatos. “Desejamos que essa exposição, por meio da linguagem eclética da Arte, possa contribuir para o desenvolvimento de novas perspectivas sobre o sagrado, o humano e o conjunto da criação”, declara.

O nascimento de Jesus tem apoio da Fraternidade Nossa Senhora de Lourdes, de São João del-Rei; da Província de Santa Cruz; do Centro Franciscano de Defesa dos Direitos e da UFSJ. Nesta sexta, 15, a abertura está marcada para 19h. A exposição pode ser vista de 9h às 20h, em dias úteis, e de 9h às 17h, nos finais de semana e feriados.

Natal de Greccio (1223-2023)
Em virtude das comemorações do jubileu do Natal de Greccio, a Fraternidade Nossa de Lourdes, ligada à Ordem dos Frades Menores da Província Santa Cruz, quer proporcionar aos visitantes da exposição uma experiência de imersão no espírito do Natal cristão. Pelo itinerário proposto, será possível construir uma relação estreita, familiar, sobre o nascimento de Jesus Cristo. Vivências, sensibilidades, recursos, olhares produziram, na opinião de Frei Wander, imagens singulares do Menino Jesus, “reconhecido na extraordinária diversidade étnico-cultural das comunidades humanas.”

Não somente nas Artes Plásticas, mas também na “linguagem eclética da Arte”, a Literatura, por exemplo. Como mostra o poema inédito escrito por Fátima Sampaio, que publicamos a seguir:

O Menino
No meio do caminho
Encontrei um Menino
Envolto em panos de luz
Estrela cadente que ilumina
O caminhar do viajante forasteiro
Buscador de sonhos

No meio do caminho
Encontrei uma cabana
E um presépio
Estrebaria abrigadora de histórias desafiadoras
Alegres ou tristes
Por não haver outras hospedagens
Outros espaços e lugares

Deus de forma profunda e despretensiosa
Revestiu-se na pequenez de uma Criança e um Presépio
Um nicho de inefável alegria
Onde fez Sua morada
Materializando a afetividade doce e ingênua

Vamos ao encontro do Senhor que vem
Com passos largos e rápidos
Pelos caminhos por onde clareia a Estrela
Alumiando a Boa-Nova
Ao presépio do coração

 

⚠️ A reprodução de conteúdo produzido pelo Portal Barbacena Online é vedada a outros veículos de comunicação sem a expressa autorização. 

Comunique ao Portal Barbacena Online equívocos de redação, de informação ou técnicos encontrados nesta página clicando no botão abaixo:

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Aceitar Saiba Mais