Take a fresh look at your lifestyle.

Caso Warley: Advogados vão ingressar com ações indenizatórias

Jovem foi morto em operação policial

0 166

O suposto homicídio ocorrido em uma operação policial envolvendo a vítima Warley teve um novo desdobramento jurídico. Além dos inquéritos instaurados, nas esferas civil e militar com a finalidade de apurar o episódio, os advogados Ricardo Lodi Magri e Raphael Henrique Dutra Rigueira, contratados pela família, afirmaram que vão processar o Estado de Minas Gerais visando garantir à família o direito de receber indenização para reparar os danos morais decorrentes da morte do jovem.

As ações indenizatórias irão tramitar na Vara da Fazenda Pública em Belo Horizonte. “A ação reparatória  será ajuizada em face do Estado de Minas Gerais, em razão de um erro reprovável de um agente público estatal que culminou na perda lastimável de uma vida”, destacou o advogado Ricardo Lodi Magri. Por sua vez, o advogado criminalista Raphael Henrique Dutra Rigueira afirmou que as investigações estão bem adiantadas. “A ação de responsabilização civil por danos morais irá tramitar de forma independente dos feitos de natureza penal, haja vista o artigo 935 do Código Civil brasileiro. Em relação ao episódio em apuração, o nosso escritório decidiu lutar por todos os direitos que a família do Warley faz jus, sendo assim, esse novo desdobramento  jurídico visa tão somente amenizar a dor dos familiares da vítima, assegurando-lhes um direito que está previsto em nosso Código Civil, qual seja, a indenização por dano moral”.

Os advogados  afirmaram novamente que Warley é inocente, além disso, declararam mais uma vez que a vítima não tentou matar os policiais no dia dos fatos, finalizaram dizendo que o jovem estava desarmado e não trocou tiros.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.