Caso Rafaela Drumond: Justiça marca data para audiência preliminar

No dia 27 de novembro, vai acontecer a audiência preliminar do processo que investiga o caso da morte da escrivã da Polícia Civil Rafaela Drumond. Desta vez, o envolvido é o delegado Itamar Cláudio Neto, acusado de condescendência criminosa.

Na audiência preliminar, um juiz e um conciliador tentam mediar possíveis acordos entre as partes. De acordo com a investigação, Itamar teria se omitido a reagir contra crimes de assédio sexual e moral contra Rafaela, cometidos por um servidor da delegacia de Carandaí.

O investigador Celso Trindade de Andrade já havia sido inocentado anteriormente. De acordo com a Justiça, os crimes haviam sido cometidos há mais de seis meses, tendo entrado em decadência.

Fonte: O Tempo

⚠️ A reprodução de conteúdo produzido pelo Portal Barbacena Online é vedada a outros veículos de comunicação sem a expressa autorização. 

Comunique ao Portal Barbacena Online equívocos de redação, de informação ou técnicos encontrados nesta página clicando no botão abaixo:

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Aceitar Saiba Mais