• 21ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Carandaí tem seis casos positivos de Covid-19. Município vai punir quem não usar máscaras ou fizer aglomerações

    A Prefeitura Municipal de Carandaí confirmou, nesta terça-feira (2), o sexto caso positivo para Covid-19 na cidade. Um caso é considerado curado. Sem detalhes do paciente, seguindo a ética médica, o novo boletim epidemiológico da cidade atualizou também o total de pacientes que aguardam resultado de exame laboratorial: 10. São 68 casos descartados na cidade.

    A Câmara Municipal de Vereadores de Carandaí aprovou, na noite de segunda-feira (01), um projeto de lei com novas medidas para enfrentamento à Covid-19 na cidade. A lei autoriza a restrição de entrada, saída e circulação de veículos licenciados em outras cidades através de barreiras sanitárias, caso seja recomendado pela Secretaria Municipal de Saúde.

    A partir de agora, também se torna obrigatório o uso de máscaras de proteção e todos os estabelecimentos deverão impedir a entrada e a permanência de pessoas que não estiverem com o equipamento de proteção. quem descumprir a determinação está sujeito a multa de  R$150. Já os estabelecimentos que atenderem clientes sem máscaras serão multados em R$500.

    Ainda de acordo com o projeto, enquanto durar a situação de emergência, fica proibida a aglomeração de pessoas nas ruas, praças e demais espaços públicos. O descumprimento dessa determinação, além das sanções criminais, acarretará a aplicação de multa no valor de R$300 ao infrator.

    O texto autoriza somente a continuidade das obras privadas de caráter emergencial.  A lei prevê ainda que o acesso a loteamentos em fase de implantação, áreas desabitadas do município e locais ermos poderão limitar a entrada de pessoas sem motivo justificado, através de barreiras de concreto, cones, cavaletes, veículos ou qualquer outro meio hábil para a efetivação do controle. A Polícia Militar será acionada em caso de descumprimento e poderá usar da força para remover pessoas que insistam no descumprimento do decreto. Será aplicada também uma multa no valor de R$1.000 ao estabelecimento que permitir aglomeração em suas dependências ou em filas no seu exterior.

    Informações do Carandaí Online