• 11ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Buscar o sol

    Por Débora Ireno Dias

    Não sei se por necessidade fisiológica ou psicológica, ou ambas, tenho buscado ao máximo me expor ao sol nestes tempos de pandemia e distanciamento social. Tenho ficado em casa, saído para ir ao mercado, farmácia e auxiliar meus pais. Treino em casa meus exercícios físicos e aprendi a correr me desviando dos carros estacionados na garagem aqui do prédio. Adaptação indo bem – ou quase, com alguns momentos diários de surto em forma de choro ou de silêncios ou de escrita ou de oração e por aí vai. 

    No início, não me importava tanto em estar sob o sol. Mas, com o avançar das semanas, as incertezas sobre poder estar de novo nas ruas – trabalhando ou me divertindo, a frieza das notícias que nos chegam a todo o momento, a angústia apertando o peito, o sentir falta de estar próxima fisicamente de tantos amados, o sentir falta de correr no asfalto…tudo isto e mais um pouco me fez olhar pela janela de uma forma diferente e me expor ao sol. Comecei a observar o local e horário onde ele “bate” em minha casa. Pela manhã, no meu quarto, onde posso aproveitá-lo até mais tarde quando a rotina me permite. Ou numa parte da garagem, onde pratico um pouco dos exercícios físicos e corro. Na parte da tarde, consigo aproveitar seu calor ainda nas paredes do quarto e a paisagem que vejo pela janela é reluzente, um céu azul que vai se avermelhando à medida que o sol se esconde. 

    Senti que algo foi se aquecendo em mim, deixando-me mais fortalecida. Ou se derretendo, deixando-me menos tensa, pesarosa. O sol veio me aquecendo e trazendo a cada dia uma nova sensação de conquista, de força, de serenidade. É isso que eu sinto! 

    Se ao me expor ao sol diariamente e de forma adequada, eu sinto vários benefícios em meu corpo, imagina se eu tiver a mesma disciplina e determinação para me expor ao calor que emana do Coração de Deus!? É necessário buscá-Lo da mesma forma e intensidade! A cada dia, as notícias pioram – mesmo com situações que inspiram amor e bondade ao nosso redor, a angústia aperta, os problemas tendem parecer maiores do que minha capacidade de solucionar, as frustrações ameaçam a serenidade. 

    Tal qual o sol traz calor, faz as células trabalharem a meu favor, Deus aquece meu coração. Expor-me a Ele traz benefícios diversos que talvez não se veja na pele, mas no coração, na alma, nos sentimentos e pensamentos. Abrir-me a Ele como quem abre os braços para receber o calor do sol. Observar o lugar e o horário para melhor estar junto a Ele, mesmo sabendo que Ele estará ali o tempo todo. Deixar Seu calor aquecer meu coração, da forma como o sol espanta o frio da manhã.