• 11ºC
    Barbacena, MG Previsão completa
  • Barbacena deixa escapar verba do ICMS Cultural. Tiradentes consegue índice cinco vezes melhor que a Cidade das Rosas

    O Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (IEPHA) de Minas Gerais divulgou a pontuação provisória do ICMS Patrimônio Cultural para o exercício 2021, tendo como ano base 2019. O ICMS Cultural “é um programa de incentivo à preservação do patrimônio cultural do Estado, por meio de repasse dos recursos para os municípios que preservam seu patrimônio e suas referências culturais através de políticas públicas relevantes. As cidades recebem uma pontuação de acordo com sua atuação nessa área e esses pontos determinam uma parcela de recursos. Em 25 anos de criação, 800 dos 853 municípios mineiros já receberam repasses.

    Barbacena recebeu nota 3,25, sendo uma pontuação melhor quanto a do exercício anterior, em que obteve 2,83, mas inferior as dos anos de 2018 e 2019, em que obteve 3,95 e 5,07, respectivamente. 

    Na região, várias cidades apresentaram índices superiores, como Antônio Carlos com 5,17, Alfredo Vasconcelos com 5,85, Barroso com 7,17, Carandaí com 7,58, Juiz de Fora com 9,58, Lafaiete com 13,49 e as cidades históricas de São João del-Rei com 16,30 e Tiradentes com 17,21.

    No caso do município de Tiradentes, essa última pontuação foi de grande importância, já que esse foi o maior valor desde o ano de 2015, quando a cidade zerou a nota. A pontuação de Tiradentes também foi a maior entre as 24 cidades integrantes do Circuito Turístico Trilha dos Inconfidentes, do qual Barbacena faz parte.