Mandala da lua: dispositivo de autoconhecimento

Vitória Marques, do Centro de Estudos em Ecologia Urbana e Educação Ambiental Crítica do IF Sudeste Campus Barbacena/MG, sob orientação de Delton Mendes.

A lua é o único satélite natural da Terra e sua influência sobre o globo se mostra de diversas formas. Podemos perceber a atuação lunar sobre as marés, colheitas, ataque de leões (suas caças são mais bem sucedidas no período pós lua cheia) e ciclos naturais, como o ciclo ovariano feminino. E é nesse ponto que se inicia a análise do presente texto.

Os seres vivos estão todos conectados de alguma forma, e é inegável a influência do meio ambiente sobre a vida. Assim como a lua, o útero realiza ciclos e a proximidade entre lua e ciclo menstrual não se restringe ao conceito de ciclicidade. O macro ciclo lunar, que rege o planeta Terra, possui em média 28 dias, curiosamente assim como o micro ciclo lunar, que é o ciclo individual de cada mulher. As 4 fases da lua, estão intimamente ligadas as 4 fases da ovulação. Estudos demonstram uma peculiar ligação entre a fase crescente da lua externa com a expansão do endométrio, assim como, concomitantemente a fase nova e minguante presentes no momento de destruição do óvulo e liberação da menstruação.

Eis que surge a Mandala da Lua, que se propõe a auxiliar as mulheres a conhecerem seu ciclo sob uma nova perspectiva, relacionando lunação e ovulação, para assim entender o próprio corpo e o que ele está dizendo. A Mandala lunar pode ser feita em casa, com papel e caneta, pois consiste em um diagrama prático, descritivo e pessoal. Cada mulher deve traçar sua própria mandala, cada útero é único, e não necessariamente os ciclos internos seguem a lua externa.

É muito importante que cada mulher conheça seu próprio corpo e entenda o sagrado feminino, pois quando a menstruação passa a ser vista com outros olhos, não mais como algo negativo, sujo e asqueroso, mas sim, como um ciclo lindo e vital, a conexão com a natureza se fortalece e se percebe o quanto os estímulos ambientais estão realmente presentes. Além do autoconhecimento propiciar maior empoderamento e a não dominação, visto que, quando se compreende o próprio ciclo, e o porquê daquele fenômeno, tem-se a possibilidade de se ter o controle do próprio corpo em mãos.

Link para acesso rápido e melhor visualização sobre a mandala da Lua: https://www.youtube.com/watch?v=f_6LNk4KMQ4

Comments (0)
Add Comment